Venda de tablets pode ultrapassar a venda de PCs

Graças aos recentes avanços tecnológicos aliados a um aumento das vendas em períodos de férias, é esperado que o número de unidades de tablets expedidos ultrapassem o correspondente número de PC’s. De facto, os analistas do IDC prevêm que isto ocorrerá já no quarto trimestre de 2013. Os PC’s representam, atualmente, 20.2% do mercado total expedido este ano. Neste mercado, os tablets representam já 14.6%, com os smartphones a dominar o mercado com 65%.

A IDC (International Data Corporation) prevê que o volume de PC’s expedidos anualmente, incluindo computadores portáteis continuará a exceder as vendas até 2015. Este aumento na venda de tablets continuará a aumentar com o aumento de pessoas que

Com as recentes sofisticações e avanços tecnológicos, aliados a um aumento geral do consumo em períodos de férias, é esperado que as vendas de tablets ultrapassem as vendas de PC’s num futuro próximo. Analistas do IDC (International Data Center) prevêm que as vendas de tablets ultrapassem, pela primeira vez, as vendas de PC’s durante o último trimestre de 2013.

Atualmente, os PC’s representam 20.2% das unidades expedidas este ano. Comparado a isto, os tablets representam já 14.6%, com os smartphones a liderar com 65% do mercado.

Segundo recentes previsões da IDC, o número total anual de computadores vendidos continuará a exceder o total anual de tablets vendidos até 2015. O aumento das vendas de tablets será impulsionado por compradores de primeira vez que perante as opções começarão a optar por tablets ao invés de PC’s.

Isto deve-se ao facto de os tablets começarem a conseguir proporcionar uma grande parte das funcionalidades habituais dos PC’s a um preço inferior. A somar ao vasto mercado de aplicações para tablets e a capacidade de navegar na internet com bastante fluidez, tablets como o Kindle Fire começam a oferecer aos seus utilizadores uma forma mais prática de consumir livros, enquanto que tablets como o iPad oferecem experiências de jogo bastante superiores com sites como o http://www.fulltiltpoker.com/pt que recentemente lançou a sua versão compatível com tablets e smartphones.

Por outro lado, há que notar que uma substancial parte do crescimento da indústria será gerado pela comercialização de smartphones e tablets de custo inferior, com cada vez mais dispositivos abaixo dos 350 dólares (250€), cobrindo mais de dois terços do mercado relacionado com dispositivos tecnológicos que tem um peso atual de 622 milhões de dólares. É ainda esperado o surgimento de novos dispositivos híbridos que cruzarão tablets com smartphones mantendo um ecrã relativamente pequeno.

Em recentes declarações, Bob O’Donnell, Vice Presidente da secção de Clients & Display na IDC refere que “O mundo dos dispositivos portáteis tem vindo a assistir a várias iterações de canibalismo com impacto em diferentes categorias, tendo os últimos anos sido focados na canibalização das vendas de PC’s por parte do mercado dos tablets.” Bob O’Donnell refere ainda que “Nos próximos 12 a 18 meses, prevêmos que o surgimento dos ‘phablets’ (híbridos entre smartphone e tablet) contribuirão diretamente para a diminuição da taxa de crescimento na venda de tablets.”

Analisando as recentes notícias referentes aos novos iPhones com preços de mercado a rondar os $550 dólares (quando adquiridos sem contrato), podemos assumir que os gigantes tecnológicos da Apple não planeiam capitalizar a atual expansão das vendas de smartphones low-cost.

Em vez disso, mostram-se optimistas acerca da era “pós PC” que havia sido prevista pelo fundador da Apple, Steve Jobs, apenas três anos do lançamento do iPad. Tim Cook, atual CEO da Apple, afirmou acreditar que os dispositivos portáteis ultrapassarão o tradicional PC em apenas 24 meses.
Tim Cook afirmou que “Eu sempre afirmei que o mercado de tablets irá ultrapassar o mercado dos PCs. Já o dizia muito antes de ser considerado são afirmá-lo publicamente. Atualmente, é-me bastante claro que estamos a 24 meses desse acontecimento.”

Pode ler mais informação aqui: http://tek.sapo.pt/tek_mobile/equipamentos/tablets_ultrapassam_vendas_de_pcs_em_2015_1337408.html

0 comentários