Review: Apple Airpods

AirPods

A corajosa retirada da entrada para os auscultadores dos novos iPhone fez com que a gigante tecnológica californiana Apple tivesse de apresentar obrigatoriamente alternativas: Alternativas com e sem fio. Com fio, tornaram padrão o Lightning, incluíram na caixa do novo iPhone um adaptador compatível com essa ligação e com uma saída Jack, e ainda lançaram os seus EarPods adaptados ao Lightning. Sem fio, introduziram uma novidade na linha de acessórios: Os famosos Apple AirPods.
Dizem eles que os AirPods se ligam de forma rápida aos dispositivos, são muito confortáveis de usar, têm boa autonomia, e acima de tudo têm um bom som.
Depois de meses em que a espera para poder tê-los na minha mão foi o prato do dia, como poderão verificar no último vídeo publicado, eles já cá estão! Após alguns dias a usá-los, eis a minha opinião.

Som


Começamos exatamente pelo ponto mais importante na hora de comprar ou avaliar uns fones; O som. O som dos AirPods é bom? Comparando com os EarPods, seus irmãos, estes AirPods não diferem muito, têm apenas um som ligeiramente mais alto e com uma pequena melhoria nos graves. Nada por aí alem. Quanto aos microfones que têm incorporados, servem perfeitamente para a realização de chamadas.

Design

Tanto deu que falar o design destes Airpods. Apesar de ser algo estranho e no mínimo parecer ser o resultado de um ato de preguiça da parte deles, convenhamos até que nem pensaram mal… Porque não pegar num design que já resulta? Reparem, os EarPods eram dos fones que melhor encaixavam nas orelhas da maior parte dos usuários, para quê estar a partir do zero, quando se tem já algo de muito bom?
É claro que não vos vou dizer se encaixam bem ou mal nos meus ouvidos, porque isso varia de pessoa para pessoa. Pode encaixar bem nos meus, mas nos teus já não, pode variar, como disse. Se os Earpods encaixavam bem estes certamente também. No meu caso, não encaixam lá muito bem, mas também não me saltam fora a toda a hora.
Ao contrário do que acontece com o iPhone, ou com o Apple Watch series 2, os Airpods não têm certificação IP67, ou seja não são (oficialmente) resistentes à água. Apesar de não ter experimentado se resistiam a vários minutos imergidos em água, houve quem o fizesse, e os resultados surpreendem. É claro que mesmo assim, não aconselho a que o façam.


Tenho ainda de vos falar da caixa de carregamento, fiquei surpreendido por ser tão compacta, (e como referi no vídeo anterior , isso pode ser bom e mau em simultâneo. Bom porque é extremamente portátil, encaixa no bolso mais pequenino das tuas jeans, mau, porque pode perder-se facilmente. Aliás tanto a caixa como os AirPods são fáceis de se perder, mas parece que a Apple ja arranjou uma solução que estará em breve disponível – o Find my Airpods – no vindouro iOS 10.3. Confesso que para mim eles lançarem esta funcionalidade é ouro sobre azul, será muito útil, isto porque já dei por mim várias vezes à sua procura.

Recapitulando, a caixa é compacta, e acrescento, resistente, aliás muito resistente, apesar de ser do material de que é feito: plástico.

A tampa da caixa é magnética o que é um ponto a favor, não se abre sozinha, e o fundo do suporte dos AirPods, onde eles carregam, é tambemr ele magnético . A caixa abrir-se por qualquer razão e os Airpods saírem fora não vai acontecer, não tens de te preocupar com isso.

A tecnologia dentro

Os Airpods não devem ser só avaliados pelo som, ou pelo design, tambem pelo desempenho dos sensores, e do processador (sim, processador). Estes Airpods são ricos em tecnologia de ponta, a Apple não brinca em serviço, o processador é o responsável pelo fantástico emparelhamento. Como alguns de vos devem saber neste momento possuo um surface, e recentemente acrescentei ao meu setup um MiPad2 c/ Windows 10, testei o emparelhamento com estes dispositivos e apesar de não terem funcionado mal, sente-se que não é a mesma coisa… É mais complicado ligar os Airpods ao PC. Testei também num bichinho verde que dizem chamar-se Android e foi a mesma coisa. Resumindo, os Airpods funcionam em qualquer sistema operativo, mas só nos da própria Apple é que se sente a magia.

Quanto aos sensores, também funcionam lindamente, tiram-se e põe-se os Airpods dos ouvidos e tudo funciona corretamente, a música pausa quando os tiramos, volta a iniciar quando voltamos a colocar, o sensor de toque também funciona lindamente ativa-se a Siri com dois toques (ou pode definir-se o play and pause, na vez da assistente). Aqui tenho só de acrescentar que não me agrada nada ter que pedir à assistente virtual para aumentar o volume ou passar à próxima música da playlist… Considero que aqui está uma falha, e deveriam estar suportados gestos para tal. Mas pode ser que ou numa atualização de software ou numa futura atualização dos Airpods isso possa estar disponível.

Bateria

Continuando no interior dos Airpods, segundo a Apple, cada Airpod tem uma autonomia de cerca de 5h, e a caixa, 24h. Não tem a funcionalidade carregamento rápido, mas a Apple, tal como em outros dos seus acessórios, fez com que 15m de carga desse 3 horas de autonomia.

Veredito final

Que a Apple é exímia na arte de desenvolver bem um produto é já do conhecimento geral. Os AirPods não fugiram à regra, apesar da controvérsia, isto muito por causa do design, eles são um bom produto, é verdade, o preço pode ser um entrave, mas também reparem que eles estão consideravelmente mais baratos que alguns dos seus principais concorrentes, como por exemplo os Gear Icon X. Este é um bom produto, faltam-lhe uma maior diversidade de gestos como já disse para por exemplo poder executar comandos para poder passar à próxima música da playlist, e aumentar o volume, de resto são muito confortáveis, super portáteis, têm um som bastante satisfatório, e a conexão a um Apple device é fantástica, repito fantástica!

Tenho só de fazer um último apontamento; Longa vida aos Airpods, finalmente vou poder ouvir música enquanto tenho o iPhone 7 a carregar!

0 comments

By