Relatório da Apple sugere desenvolvimento de produto de realidade aumentada

“Descrições de Impacto Relatadas no [Vale de Santa Clara] no mês passado”, é o nome de um relatório de saúde e segurança no trabalho compilado por um especialista contratado pela Apple que inclui 70 incidentes ocorridos entre o mês de fevereiro e março deste ano. O relatório foi tornado público pelo Gizmodo após este ter sido enviado acidentalmente a um grande grupo de funcionários da Apple.

Os registos na sua maioria relatam incidentes comuns, mas a parte mais interessante do relatório foi registada no dia 21 de fevereiro e 2 de março com incidentes relacionados a um protótipo específico, e problemas de visão provocados por esse.

21 fevereiro:
Após um estudo do utilizador BT4, a utilizadora apontou ao líder do estudo que sentiu desconforto no seu olho e que podia ver lasers piscantes em vários pontos durante o estudo. O líder do estudo orientou que ela procurasse um oftalmologista e separou o protótipo para análise.

2 de março:
O funcionário relatou dor nos olhos após trabalhar com um novo protótipo, embora isto possa estar associado com o uso. Ele notou que o selo de segurança na carcaça exterior magenta estava violado, e por isso a unidade poderia estar prejudicada.

O Gizmodo acredita que esse protótipo pode tratar-se de uns óculos de realidade aumentada que estarão a ser desenvolvidos internamente, o que já não é bem uma novidade porque se bem se lembram surgiram rumores no início do ano de que a Apple estava a trabalhar num dispositivo de realidade aumentada.

0 comentários