Pode a Apple valer mais de 1 bilião? Segundo Carl Icahn já devia

A Apple já entrou para os livros de história e dos recordes, mas para Carl Icahn a tecnológica continua subavaliada. Isto porque o célebre investidor multimilionário defende que as ações deviam valer hoje 216 dólares, o que representaria uma capitalização bolsista de 1,3 biliões de dólares.

A fabricante do iPhone converteu-se ontem na primeira empresa na história dos Estados Unidos a superar a fasquia dos 700 mil milhões de dólares em capitalização bolsista, depois das ações terem alcançado os 122 dólares. No entanto, para Carl Icahn, a Apple já devia valer hoje mais de um bilião de dólares.

Numa carta publicada através da sua conta pessoal do Twitter, Icahn assegura que as ações da Apple “deveriam ter um preço atual de 216 dólares por ação”, o que significa que a empresa teria um valor de mercado de 1,3 biliões de dólares.

Certo é que as palavras do investidor ajudaram a impulsionar ainda mais os títulos da empresa que ontem subiram 2,3% para os 125 dólares, fazendo com que a sua capitalização bolsista superasse a fasquia dos 710 mil milhões de dólares.

[tw-button size=”medium” background=”” color=”” target=”_self” link=”http://www.dinheirovivo.pt/mercados/internacional/interior.aspx?content_id=4396615&page=-1″]Ler o artigo completo no Dinheiro Vivo[/tw-button]

0 comments