O primeiro grande Tributo a Steve Jobs realizado em Portugal

O ano de 2011, que nunca esquecerei, ficará para sempre na minha memória como o ano em que faleceu Steve Jobs, empreendedor visionário que marcou a Apple e até os outros fabricantes de tecnologia tornando a informática mais fácil para todos.

E porque me lembro hoje de Steve Jobs? Porque faz hoje 7 anos que organizei, em Braga, uma exposição de tributo a Steve Jobs (faleceu a 7/10/2011). Este evento, que transformou durante alguns dia a loja Promais de Braga num museu, mostrou ao público alguns dos produtos emblemáticos que marcaram a vida daquele líder carismático e que ilustram a história da Apple.

Esta exposição de homenagem ao génio inovador de Steve Jobs foi realizada pela Promais em colaboração com a Oficina dos Neurónios (Colossus) e mostrou ao público uma invejável coleção de produtos emblemáticos que marcaram a história da Apple, mas que também, e sobretudo, revolucionaram a forma como nos relacionamos com a tecnologia. Entre essas peças históricas, estiveram por exemplo o célebre Apple II, o inconfundível Macintosh do 20º aniversário da Apple, o inesquecível iPod original e até mesmo o Newton, um carismático precursor do iPhone, do iPad e do próprio conceito de tablet computing.

No mesmo dia, também se realizou uma sessão de perguntas e respostas sobre Steve Jobs e a Apple, partindo do desafio “tudo o que sempre quis saber sobre Apple e ainda não teve onde perguntar”. Os participantes puderam colocar questões sobre a figura de Steve Jobs e sobre a Apple, as quais foram respondidas por um painel composto por Artur Azevedo (fundador do iClub), Pedro Aniceto (especialista Apple e editor do iClub), João Coutinho (empresário), Rui Silva (responsável da Oficina dos Neurónios – Colossus) e Vítor Martins (editor do blog Pplware).

Estas verdadeiras relíquias, que dariam para fundar um interessante museu da marca Apple, foram sendo colecionadas ao longo dos anos por Rui Silva, responsável de um Centro de Assistência Autorizado Apple.

Veja a galeria de fotos da exposição Tributo a Steve Jobs:

 

iMac G4 “candeeiro” (2002). Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

Twentieth Aniversary Mac (TAM) – o Mac do 20º aniversário da Apple (1997). Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

Pormenor do Apple II europlus (1978). Foto © Eduardo Pimenta

 

Exposição Tributo a Steve Jobs foi realizada em Braga. Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

Alguns dos primeiros PowerBooks (a partir de 1991),
que viriam a definir a forma dos portáteis até à atualidade. Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

iBook G3 “Clamshell” (1999). Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

Newton MessagePad (1993). Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

Airport Base Station (1999) e duas gerações Apple TV (2007 e 2010). Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

TAM – Subwooffer Bose/Apple. Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

Sessão de perguntas e respostas sobre Steve Jobs e a Apple. Da esquerda para a direita: Vítor Martins (blog Pplware), João Coutinho (empresário), Pedro Aniceto (especialista Apple e editor do iClub), Rui Silva (colecionador e responsável da Colossus – Oficina dos Neurónios) e Artur Azevedo (na altura diretor da Promais, atualmente editor do iClub).

 

Apple II europlus (1978). Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

Twentieth Aniversary Mac (TAM) – o Mac do 20º aniversário da Apple (1997). Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

iMac G4 – pormenor (coluna). Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

Impressora StyleWriter (1991). Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

iMac G3 – pormenor da drive de CD. Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

Power Mac G4 Cube. Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

 

Loja junto à Sé de Braga onde se realizou a exposição. Foto © Eduardo Pimenta / Fotobeleza

O Melhor da Semana N.º4: Microsoft ultrapassa Apple e o iPhone XR é o mais vendido


Recomendado:

0 comentários