Nova versão do AirPower tem detalhes revelados, incluindo fotografia

Um dos maiores fiascos que assolou a Apple nos últimos anos foi sem dúvida o lançamento falhado do AirPower.

Estava tudo preparado para o grande lançamento do tapete de carregamento multi-equipamento algures entre o fim de 2018 e o início de 2019. Contudo, alegadamente um problema de sobreaquecimento pôs um ponto final ao produto.

Agora, no seguimento de informações de há algumas semanas, novos rumores referem que afinal esse ponto final se trata apenas de uma vírgula, e a Apple não terá mesmo desistido do AirPower.

Neste sentido, o leaker e analista Jon Prosser, tem andado muito ativo nas últimas semanas. Assim, o mesmo via Twitter apresenta novas informações relativas ao AirPower.

Com efeito, Prosser avança agora que a equipa de Proximidade e Partilha da Apple, atualmente em teletrabalho, estará a trabalhar em protótipos de unidades de tapetes de carregamento com o nome código “C68”.

Ora, tendo sido o sobreaquecimento o calcanhar de Aquiles, Prosser refere agora que, é precisamente neste tema que a equipa de engenheiros se está a centrar. Para isso terão inserido no “novo AirPower” um processador A11, com a função de fazer a comunicação entre os equipamentos em carga em simultâneo. Mais ainda, este processador terá que fazer a “gestão dinâmica do aquecimento”.

Conforme avança o leaker:

“Usando o A11 este novo protótipo (AirPower) tem a capacidade de direcionar a energia para zonas específicas, e dinamicamente aguardar que as temperaturas baixem antes de aplicar mais energia – prevenindo assim o sobreaquecimento”

Mais informações sobre o passado do AirPower

No seguimento deste tweet, Jon Prosser refere também que o problema de sobreaquecimento do passado terá sido causado pelo Apple Watch. O smartwatch da marca de Cupertino tem um sistema de carregamento proprietário, que exige um maior fluxo de energia.

O que aconteceu alegadamente em protótipos sem este processador A11, é que quando era colocado um Apple Watch no tapete de carregamento com outros equipamentos, o sobreaquecimento era tanto que em alguns casos atingia o ponto de combustão. Prosser salienta que esta afirmação “não é uma piada”.

Por fim, ainda é desconhecido se este tapete manterá a denominação de AirPower, ou se a Apple optará por um nome “limpo”.

0 comentários

Leave a Reply