Kobo chega a Portugal e já tem milhares de livros em Português

Um ano depois da Apple iBookstore para iPhone e iPad, foi a vez da Kobo abrir a sua loja de ebooks ao mercado português. Aquela conhecida empresa canadiana estabeleceu recentemente uma parceria com a Fnac, que irá distribuir em Portugal os ereaders daquela marca.

A Kobo, para além de fabricar um dos ereaders mais conhecidos do mundo, tem também uma loja de ebooks que integra com esses mesmos ereaders, facilitando o processo de aquisição de novas obras por parte dos seus utilizadores. Os livros da loja Kobo Books podem também ser lidos em muitos noutros dispositivos, incluindo Mac, PC, iPhone ou iPad, ou até mesmo em smartphones com Android, utilizando as aplicações correspondentes.

Com o alargamento da sua atividade para países como Portugal e Itália, a Kobo parece estar a dar passos importantes em termos da sua expansão mundial. Para nós, portugueses, trata-se de mais um passo importante no sentido da generalização do uso dos livros em formato digital no nosso país, um tipo de avanço que é sempre muito bem-vindo. Agora, falta mesmo é a Amazon decidir trazer também para cá a sua Kindle Store e os seus ereaders, como já o fez em Espanha.

Ah… e já vos disse que os meus livros também já estão disponíveis na loja Kobo eBooks? Podem conferir aqui.

3 comentários

  1. Paulo Teller 8 anos atrás

    Olá, Victor
    Excelente serviço de informação prestado à sociedade portuguesa!
    (Tive de escrever “portugueses” com minúscula porque estamos com pouco dinheiro para maiúsculas… Lol).
    Já andei por lá e, para meu desânimo relativo, encontrei milhares de obras em francês e inglês, mas, em português, apenas o software que sustenta o programa para PC e Mac.
    Embora se diga que em Portugal somos todos primos e primas, talvez devido à dimensão reduzida da nação e à língua comprida de muitos, ainda assim talvez fosse boa ideia incentivar os nossos “familiares” mais capazes a iniciarem uma atividade gratificante do ponto de vista pessoal, que é escrever, com custos de produção incrivelmente reduzidos – observação a que poucos dão a devida atenção.
    Até ao seu próximo artigo, votos sinceros de êxito profissional e felicidade pessoal,
    PT

    1. Victor Domingos 8 anos atrás

      É estranho não ter encontrado obras em Português. Ainda agora estive a verificar no site da Kobo e tem lá uma série deles, desde o Saramago à Lídia Jorge, ou às famosas traduções para Português de Haruki Murakami.

      Alguns Exemplos:

      http://www.kobobooks.pt/ebook/Memorial-do-Convento/book-ZBM2gB7U4UW6Ahd4-WAEYg/page1.html

      http://www.kobobooks.pt/ebook/1Q84-Livro-3/book-M1W-a7zSGk-0RiUZnbHGtQ/page1.html

      http://www.kobobooks.pt/ebook/O-Belo-Adormecido-Contos/book-N7oSSLGye0S6uXA53K1w0A/page1.html

      http://www.kobobooks.pt/search/search.html?q=%22victor+domingos%22

      Muitos destes livros só aparecem em certas regiões, por motivos relacionados com contratos de copyright regional. Mas há outros títulos que têm distribuição internacional.

  2. Lilian 8 anos atrás

    Adorei… como sempre excelente!!!

Leave a Reply