Definir apps de terceiros como padrão no iOS poderá estar para breve

Desde o lançamento da App Store, em 2008, que a gigante de tecnologia obriga os utilizadores a usarem as suas apps nativas em vez de dar liberdade para usar apps de terceiros. Isto já há bastante tempo que causa discussão, incluindo nas entidades reguladoras por todo o mundo, porque a Apple está a ser vista como um elemento que prejudica os negócios de outras empresas e que se está a beneficiar a ela própria apenas.

Isto está a obrigá-la a rever a sua posição e neste momento encontra-se a ser deliberada uma mudança na gestão de aplicações de terceiros no sistema operativo. A notícia é avançada pela agência Bloomberg.

Alegadamente está a ser estudada a possibilidade dos utilizadores de iOS poderem usar aplicações de terceiros como padrão, por exemplo, sendo possível substituir as apps padrão Mail da Apple pelo Outlook, AirMail, entre outros, ou então o Safari pelo Google Chrome, Microsoft Edge, etc. 

Neste momento, existem montes de browsers e clientes de email na App Store. No próprio sistema operativo a Apple obriga o utilizador a usar as suas apps nativas, por exemplo, ao clicar num url que lhe é enviado por mensagem ou numa opção de “enviar email” dentro de uma app, eles abrem as apps do sistema. Porque não há alternativa para o iOS, apesar de poder estar instalada a app de um terceiro no iPhone e o utilizador até fazer mais uso dessa.

Outro alvo de critica é a limitação do HomePod, que apenas possui suporte nativo ao Apple Music, mas a marca de Cupertino também se encontra a estudar a possibilidade de resolver a questão, oferecendo esse mesmo suporte nativo a serviços de música rivais como o Spotify.

Não é claro se este processo está ou não já perto de ficar fechado dentro da Apple e se poderá avançar já no iOS 14. Teremos de aguardar para ver.

0 comentários

Leave a Reply