Como utilizar o modo escuro no iPhone e no iPad?

Na semana passada, mostrei como utilizar o Modo Escuro no Mac, mais concretamente no macOS 10.14 Mojave. Mas a verdade é que, para muitos de nós, os outros computadores, aqueles que correm iOS (iPhone e iPad), são cada vez mais importantes, sendo muitas vezes os dispositivos que mais utilizamos no nosso dia-a-dia. Será que também podemos usar um modo escuro no iPhone e no iPad? A resposta é sim, e convém acrescentar que no caso do iPhone pode haver um motivo muito forte para optar pelo modo escuro…

Se o caro leitor for já o feliz utilizador de um iPhone com ecrã OLED (o que, à data da escrita deste artigo, significa um iPhone X, XS ou XS Max), é bom saber que nesse tipo de ecrãs o consumo de energia é menor quando há mais píxeis desligados. Que é como quem diz, quando temos a maior parte do ecrã em preto puro. Essa particularidade dos ecrãs OLED permite uma poupança muito significativa de energia e consequentemente uma maior duração da bateria, como demonstrou há cerca de um ano Neil Hughes, do AppleInsider.

Ainda que nos outros tipos de ecrã não haja a vantagem da poupança de energia, podemos ainda assim ter interesse no modo escuro por outros motivos, sejam eles de ordem estética (combina muito bem com um iPhone preto, por exemplo) ou de ordem prática (à noite, às escuras, pode provocar menos cansaço visual). Vale, por isso, a pena experimentar. Além do mais, na eventualidade de não lhe agradar, poderá facilmente mudar para o modo habitual, com cores claras.

O “modo escuro” surgiu no iOS 11 com a designação de “inversão inteligente das cores”, como uma extensão de outra função de acessibilidade que existia anteriormente e que permitia inverter todas as cores no ecrã. A novidade com a inversão inteligente era que, nas aplicações atualizadas, as imagens passavam a ser apresentadas corretamente, sem ficarem com as cores a negativo.

Como ativar o “modo escuro” no iOS 12

O “modo escuro” do iOS, ou melhor, a inversão inteligente das cores encontra-se um pouco escondida nas definições de acessibilidade. Para ativar, deve aceder a Definições > Geral > Acessibilidade > Opções de ecrã > Inverter cores e ativar então a opção Inversão Inteligente.

No entanto, se pretender alterar esta definição com frequência, ou se preferir ativá-la apenas em algumas situações, este é um procedimento demasiado complicado. O meu conselho, nesses casos, é adicionar um atalho de acessibilidade para esta funcionalidade. Deste modo, poderá ativar ou desativar rapidamente o modo escuro pressionando 3 vezes o botão principal do iPhone ou iPad, ou o botão lateral, nos novos modelos que já não incluem o botão principal na parte frontal.

O seguinte vídeo demonstra esse processo e mostra como fica a interface do iPhone com a inversão inteligente de cores:

De referir que, no iPhone que se vê no vídeo, há duas funções distintas atribuídas ao atalho de acessibilidade (inversão inteligente das cores e filtros de cor). Por isso, vemos aparecer um pequeno menu. No entanto, escolhendo apenas uma dessas funções nas definições faz com que seja ativada de imediato, sem aparecer nenhum menu.

Indo um pouco mais longe…

A propósito do menu que referia no parágrafo anterior, a função “Filtros de cor” permite alterar as cores do ecrã. Se não for personalizado no painel correspondente, o efeito é simplesmente o de colocar toda a interface a preto e branco. Uma vez mais, é uma pequena excentricidade que podemos justificar seja por motivos estéticos, ou mesmo por motivos práticos. Por exemplo, Tristan Harris, autor de uma interessante série de artigos sobre os estratagemas usados nos dispositivos eletrónicos para nos captar a atenção de uma forma viciante, recomenda entre outras coisas colocar o iPhone a preto e branco para reduzir esse impacto e nos ajudar a passar mais tempo de qualidade noutras atividades.

Ah!, e se o objetivo for poupar bateria no seu iPhone (partindo do pressuposto que seja um modelo com ecrã OLED), não se esqueça de alterar o fundo do ecrã para uma imagem de preto puro, por forma a obter o máximo benefício.

Recomendado:

0 comentários

Leave a Reply