Como configurar e aprender a usar o Trackpad do seu Mac

Apesar de parecer um simples pedaço de vidro cinzento, o Trackpad multitouch dos computadores Mac, com ou sem Force Touch, é extremamente versátil, permitindo facilitar operações tão diversas como rodar imagens, mudar de página, alterar a ampliação de um documento, manipular o Mission Control ou afastar todas as janelas para mostrar os ficheiros presentes na Secretária. Parece algo muito complicado?…

O Trackpad disponibiliza muitas funcionalidades diferentes, e nem todas imediatamente óbvias e aparentes. Algumas são ativadas através de um simples clique ou toque, outras são-no através de gestos realizados na sua superfície, com um ou mais dedos. Nos modelos mais recentes, com tecnologia Force Touch, o próprio nível de pressão que aplicamos na superfície do Trackpad é levada em conta, podendo ativar funções diferentes. Muitos utilizadores, no início, podem sentir-se mesmo um pouco desconfortáveis, com esse Trackpad que parece não ter uma forma de fazer o clique do botão direito do rato, ou o movimento de “scroll”, ou que de repente começa a mover ou alterar coisas no ecrã de uma forma inesperada.

Por ser um elemento de interface de utilizador tão complexo, o aproveitamento do seu enorme potencial depende de uma breve aprendizagem inicial e de uma configuração adequada às capacidades e preferências do utilizador. Mas isso acaba até por ser, afinal, surpreendentemente simples, já que a Apple teve a ideia de criar no macOS um painel de preferências muito especial para o Trackpad. Esse painel permite, por um lado, personalizá-lo, ajustando ou mesmo desativando certas opções para o adequar melhor a cada utilizador. Mas, sobretudo, permite aprender rapidamente, através de pequenos vídeos, como realizar o gesto certo para conseguir um determinado resultado.

Para utilizar esse painel e conhecer todas as funcionalidades do seu Trackpad, basta aceder a Menu  > Preferências do Sistema > Trackpad:

De referir que a aparência e funções disponíveis nesse painel de preferências varia conforme o modelo de cada Mac, sendo sempre mostradas apenas as opções aplicáveis ao tipo de Trackpad presente nesse modelo específico.

Agora, basta visualizar os vídeos de cada um dos gestos e experimentar reproduzir você mesmo(a) no Trackpad do seu computador. Verá que em muito pouco tempo uma boa parte deles ficarão mais fáceis e intuitivos. E já sabe, se algum desses gestos continuar a não lhe parecer fácil de memorizar ou executar, ou se simplesmente não gostar, pode sempre desativar nas preferências, deixando ativos apenas aqueles que pretende utilizar.

0 comentários

Leave a Reply