Apple Maps

Cada vez mais a Siri é o software de destaque da Apple, contudo por enquanto o trono ainda está no iOS, o seu sistema operativo mais utilizado. A Apple anunciou hoje o iOS 10, com 10 grandes novidades. Ficou a cabo de Craig Federighi a sua apresentação e a frase que ficou foi “this is the biggest iOS release ever for our users”. Estas mudanças vão desde um ecrã de bloqueio redesenhado e com notificações mais ricas, passando pelas interações com as aplicações e vão até às novas funcionalidades do 3D Touch.

1.”Raise to wake” (Acordar ao levantar)

Esta nova funcionalidade, como o nome sugere acorda o iPhone quando este é levantado mostrando o ecrã bloqueado com as notificações e as atualizações. As novas notificações têm um design renovado e usam ainda mais o 3D Touch.

0199

2. A nova Siri

Como já era de esperar, a Apple disponibilizou um SDK da Siri para programadores. Agora vai ser possível perguntar à Siri coisas como “envia um WeChat para a Maria a dizer que estou cinco minutos atrasado”. Isto abre uma interface do WeChat dentro da Siri onde podemos interagir ainda mais. Algumas das aplicações que já suportam estas interações incluem o Slack, o WeChat, o WhatsApp, a aplicação do Uber, Didi (uma aplicação muito usada na China), o Runtastic, o MapMyRun e o Skype. Para além disto, a Siri entende agora o contexto e faz sugestões baseadas na localização, no calendário, nas informações dos contactos e nas moradas recentes.0213

 3. QuickType

O teclado também sofreu algumas alterações, oferecendo agora também sugestões baseadas na inteligência da Siri. Estas sugestões incluem sugestões de contacto, locais recentes e muito mais.

4. Photos

Também baseado na inteligência artificial da Siri a aplicação de fotos também recebeu uma atualização. A aplicação deteta os objetos e a cena das fotos possibilitando assim pesquisar ainda mais dentro da aplicação. Toda esta inteligência é feita localmente, e este foi um dos pontos que a Apple mais frizou. A aplicação junta agora também as fotos de um determinado momento e faz filmes automaticamente com as fotos e os vídeos. Há também um novo separador apelidado de Memórias que mostra os pontos altos, as pessoas e um mapa de localizações dependendo das suas fotos.

0229

 

5. Apple Maps

A aplicação de Mapas da Apple sofreu um redesign total no iOS. Quem subiu ao palco para apresentar as novidades foi Eddy Cue que frizou o facto de os Mapas agora estarem “muito mais proactivos”. Os Mapas oferecem agora sugestões de restaurantes perto e o modo de navegação foi também redesenhado, mostrando agora informações de trânsito. Se a aplicação detetar muito trânsito no caminho ele calcula uma rota alternativa automaticamente. Para além disto, estas novidades vão também chegar ao CarPlay. A Apple oferece agora também uma API dos Mapas para programadores que podem desenvolver extensões para este, como por exemplo, reservas de restaurantes diretamente na aplicação dos Mapas.

0237

 

6. Apple Music

Como os rumores vinham afirmando, a aplicação de Música foi totalmente redesenhada. Segundo, Eddy Cue esta nova interface faz da música o herói da aplicação. No fundo aparecem agora a Biblioteca de música que  mostra as música disponíveis offline primeiro, um separador For You que para além de ter dentro o Connect oferece ainda sugestões baseadas em hábitos. Outra das grandes novidades foi também a chegada das letras das músicas à aplicação.

0243

 

7. Apple News

A aplicação do Apple News, que ainda não está disponível em Portugal, foi, assim como o Apple Music, totalmente redesenhado. A interface apresenta agora mais semelhanças com a interface do Apple Music, estão disponíveis notificações de notícias de última hora e subscrições

 

8. HomeKit e a nova aplicação Home

A gigante de Cupertino anunciou também uma nova aplicação chamada Home para o iOS 10 onde será possível controlar todos os produtos para uma “casa inteligente” que façam parte do programa HomeKit. Esta nova aplicação permite não só controlar cada dispositivo independentemente como também criar cenários com conjuntos de ações em vários dispositivos.

0254

 

9. Telefone

A aplicação do Telefone sofreu também alterações neste novo iOS. Para além de transcrições do voicemail, onde vai ser possível ler o voicemail em vez de ouvir, a aplicação recebeu também deteção de números de spam feito por aplicações de terceiros.

0257

 

10. Mensagens

A aplicação de Mensagens, que segundo Craig Federighi é a aplicação mais usado iOS recebeu também novidades. Agora há pré-visualização dos endereços enviados através da aplicação, os vídeos podem ser reproduzidos diretamente na aplicação, os emojis são agora até 3 vezes maior, vários tamanhos de letra, mensagens escritas à mão e muito mais.

0287

Para além destas 10 novidades, houve também pequenas atualizações nas Live Photos, a disponibilização do Safari em split-screen para iPad e encriptação end-to-end em todas as aplicações de mensagens. A Apple não disse nada durante a apresentação, mas surgiram algumas aplicações nativas na App Store o que indica que será possível a partir do iOS 10 esconder algumas aplicações nativas.

appsparaiphone

O iOS 10 está disponível a partir de hoje para os programadores, o beta público estará disponível em Julho e será disponibilizado para o resto do público no Outono e nos seguintes dispositivos: iPhone 5 ou superior, iPad 4 e superior, iPad mini ou superior, iPad Air e iPad Pro.

Como já devem ter ouvido falar os Jogos Olímpicos de 2016 vão ter lugar no Rio de Janeiro e a Apple já prepara os visitantes com as devidas actualizações para o Apple Maps. Com o intuito de oferecer aos visitantes dos Jogos Olímpicos informações relativas ao local onde vão decorrer as competições, os mapas da Apple estão a sofrer actualizações constantes para estarem prontos à data do inicio do evento.

Actualmente já é possível encontrar informações que anteriormente eram inexistentes, tais como a cobertura dos transportes públicos. Aqui podemos obter informações sobre itinerários, horários e números dos autocarros a apanhar para se deslocar até um determinado local. Mas quando se fala de transportes públicos a Apple não se ficou apenas pelos autocarros, tem vindo ainda a aprimorar a informação detalhada sobre o Metro e ferry boats com as mesmas informações anteriormente referidas.

A celebração deste acontecimento foi o factor que levou a Apple a apostar na qualidade dos seus serviços nesta cidade pois, até ao momento, o Rio de Janeiro não possuía qualquer tipo de informação adicional nos mapas da marca. Apesar de toda a turbulência política na qual o país está mergulhado, a data do inicio dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 mantém-se com inicio a 5 de Agosto e com 17 dias pela frente onde 10.500 atletas de 206 países vão demonstrar as suas capacidades em 42 desportos. Ao todo já se realizaram 27 edições dos Jogos Olímpicos de Verão, 2 edições na Oceania, 3 na Ásia, 6 na América do Norte e 16 na Europa.

 

Embora o valor essa extremamente alto, não é de espantar considerando o quão desastrosa esta app estava quando foi lançado em 2012.

A revelação foi feita Eddy Cue, no The Talk Show de John Gruber (via Mashable), que afirmou que as 2.5 milhões de correcções foram realizadas graças ao feedback directo dos consumidores e que, quando corrigidos os erros, a Apple notificou as pessoas que reportaram o problema.

Na sequência desta afirmação, Craig Federighi relembrou Gruber no declive elevado que têm os produtos e apps da Apple: passam de 0 para milhões de pessoas de um dia para a noite (literalmente). Isto acontece porque a app de Mapas vem instalada de origem nos dispositivos móveis da Apple o que, indirectamente, acaba por aumentar exponencialmente o número de utilizadores e o sucesso da mesma.

Em 2012 a Apple desvendou o iOS 6 que, pela primeira vez da história deste sistema operativo, vinha com uma app de Mapas criada pela própria Apple em vez do habitual Google Maps. A app foi considerada um desastre autêntico e obrigou mesmo o CEO da Apple, Tim Cook, a pedir desculpa ao público e a demitir dois executivos importantes dentro da empresa.

Desde essa altura a Apple tem tentado limpar a imagem da sua plataforma de Mapas. Algumas funcionalidades desenvolvidas entretanto são bastante interessantes, como é o caso do Fly Over que permite aos utilizadores “visitarem” algumas cidades do mundo em 3D.

 

Infelizmente esta nova actualização não inclui qualquer cidade em Portugal que, neste momento, apenas se encontra representado pelas cidades de Coimbra, Braga e Porto.

As novas cidades disponibilizadas com esta tecnologia estão espalhadas por todo o mundo e passam por Continentes como a Austrália, Europa, África, Ásia e América.

  • Adelaide, Austrália
  • Amiens, França
  • Berna, Suíça
  • Bremen, Alemanha
  • Columbus, Estados Unidos da América
  • Dresden, Alemanha
  • Eindhoven, Holanda
  • Johannesburgo, África do Sul
  • La Rochelle, França
  • Louisville, Estados Unidos da América
  • Middlesbrough, Reino Unido
  • Nantes, França
  • Salzburgo, Áustria
  • South Bend, Estados Unidos da América
  • Springfield, Estados Unidos da América
  • Taormina, Itália
  • Toulouse, França
  • Toyama, Japão
  • Tucson, Estados Unidos da América
  • Ilhas virgens

Esta impressionante tecnologia, que permite ver uma cidade em 3D e com enorme detalhe, encontra-se agora disponível em 240 países, com a Apple a expandir periodicamente esta opção a várias cidades mundiais.

 

O app de Mapas da Apple foi, muito provavelmente, a mais criticada e contestada aquando o seu lançamento em 2012. Repleta de erros e bugs na fase inicial, a Apple tem apostado na sua melhoria constante e a verdade é que parece que o seu esforço tem dado frutos.

De acordo com o The Boston Globe, o Apple Maps é 3x mais requisitado do que o Google Maps na plataforma iOS. Isto traduz-se em cerca de 5 mil milhões de pedidos de informação por parte dos utilizador por semana.

Embora o sucesso enorme, alguns programadores acreditam que o mesmo se deve ao facto de muitas das principais apps do iOS – Siri e Mail por exemplo – obrigarem o utilizador a usar a plataforma de mapas da Apple. No entanto é também reconhecido que a Apple tem feito um esforço imenso em corrige os problemas e que o Apple Mapas é, hoje em dia, uma plataforma tão competente como outras que já existem no mercado há mais anos.

 

A parceria aparece agora no site dedicado ao Apple Maps e objectivo é tornar esta plataforma da Apple cada vez mais completa em termos de conteúdo que podem interessar ao utilizador.

O Foursquare oferece “Business Listing Data” que, segundo o MacRumors, deve consistir em detalhes sobre restaurantes, lojas e outros comércios visto que esta app foca-se “nos melhores locais para comer, beber, fazer compras, ou visitar em qualquer cidade do mundo”.

Para quem não conhece a Foursquare, esta é uma plataforma idêntica ao Yelp! que permite aos utilizadores encontrar lojas/restaurantes perto de si. A popularidade desta app já foi maior nos anos anteriores tendo recentemente perdido uma grande percentagem de mercado. Assim, esta parceria com a Apple e a plataforma Apple Maps poderá significar uma nova vida para o Foursquare.

A app foi descoberta pelo programador Steve Stroughton-Smith, via Twitter, e tem o nome “Indoor Survey”. De acordo com várias fontes, esta app é destinada às empresas que tirem proveito do serviço Apple Maps Connect, que pemite às mesmas adicionarem informações (contacto, horas de abertura, etc…) sobre a sua empresa na app de Mapas da Apple.

Em termos técnicos, esta app consiste num sistema de posicionamento de interiores baseado em frequências rádio. Ao que parece, os utilizadores do Apple Maps Connect podem adicionar “Drop Points” num mapa dentro da Indoor Survey app, com o objectivo de indicar a posição da sua empresa dentro de um espaço à medida que se passa por ele.

Indoor Survey appIndoormaps2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O lançamento desta funcionalidade está ligada com uma aquisição feita pela Apple em 2013. Nesse ano, a startup WiFiSlam foi adquirida por um valor especulado de 20 milhões de dólares e tinha desenvolvido uma tecnologia que permite saber uma determinada localização dentro de um espaço fechado através de sinais WiFi.

O Porto é a terceira cidade portuguesa, depois de Coimbra e Braga, a estar disponível na opção Flyover. Esta funcionalidade, presente na app de Mapas da Apple, permite que qualquer pessoa explore vistas áreas e em 3D de várias cidades.

No entanto, esta não foi a única novidade da Apple no que diz respeito à app de Mapas. De acordo com o AppleInsider, a Apple também expandiu os locais inseridos na nova funcionalidade “Nearby” do iOS 9. Nearby oferece ao utilizador alguns dos locais mais populares baseados na localização do utilizador.

Actualmente esta última opção não se encontra disponível em Portugal estando presente apenas nos Estados Unidos, Austrália, Canada, Alemanha, França e China.

A Apple anunciou hoje a próxima versão do iOS, o iOS 9. O foco da gigante de Cupertino para esta versão foi não só fazer um sistema mais inteligente como mais poderosos, começando com uma atualização da Siri.

A assistente virtual da Apple tem agora uma nova funcionalidade apelidado Proactive que oferece sugestões baseadas no dia, na hora e na localização. Esta nova funcionalidade permite à Siri ver as aplicações que tem instaladas e dar sugestões baseadas nessas aplicações. A Siri permite ainda agora pesquisar no Mail e encontrar os possíveis nomes de números que lhe ligam e não estão nos contactos. Tudo isto está no novo Spotlight que tem também uma nova interface.

d82072ec4d1d94f99f755ecdf22bd3ce9384d983_expanded_xlarge.0

O Apple Pay está agora disponível no Reino Unido e é compatível com mais bancos e mais serviços de cartão de crédito. Além disto ganhou suporte para cartões de lojas. A aplicação onde tudo isto está presente passou a chamar-se Wallet, em vez do anterior Passbook.

A aplicação de Notas também sofreu alterações tais como inserir imagens, listas de tarefas e até mesmo desenhos.

apple-wwdc-2015_1021.0

Os Mapas da Apple também receberam as tão pedidas atualizações, suportando agora direções de trânsito, incluindo de transportes públicos. Este novo serviço será lançado inicialmente em 20 cidade incluindo Nova Iorque, São Francisco, Beijing, Londres e Berlim.

apple-wwdc-2015_1225.0

A Apple lançou ainda uma nova aplicação Notícias. Esta nova aplicação é um sitio para consultar notícias de diversas fontes. Os artigos são apresentados num formato mobile com um layout apropriado para iOS. A gigante de Cupertino tem ainda parceiros nesta nova aventura como a CNN, Time, Wired, ESPN e o Buzzfeed. A aplicação permite ainda ver artigos da internet e ficará mais inteligente à medida que vai sendo usada. Estará disponível nos EUA, Reino Unido e Austrália.

apple-wwdc-2015_1370.0

Com o iOS 9 chegam também funcionalidades especiais para o iPad. Agora o teclado inclui shortcuts para cortar, copiar e colar e permite ainda tornar-se num trackpad. Contudo a maior novidade no iPad foi sem dúvida o modo de multitasking. Agora é nível possível executar duas aplicações lado a lado ao mesmo tempo. O task switcher foi também redesenhado e agora é possível fazer swypes no mesmo ecrã. Os vídeos podem ser agora vistos num modo picture-in-picture que pode ser movida por todo o ecrã. Este novo modo estará disponível para iPad Air 2 e superior e iPad mini 2 e superior.

O iOS 9 é ainda mais eficiente e mais pequeno. O novo iOS requer apenas 1.8GB de espaço livre para ser instalado e terá ainda um “low power mode” que pode ser ativado e permitirá aumentar a duração da bateria até mais 3 horas.

O iOS 9 trás ainda novidades no HomeKit e no CarPlay, podendo agora os fabricantes colocarem as suas aplicações no Carplay e controlar o automóvel através delas. Além disto, nos novos modelos o CarPlay não precisa de ser ligado via cabo.

O iOS 9 está disponível a partir de hoje para programadores registados e a beta pública estará disponível em Julho. A versão final será disponibilizada mais para o fim do ano e será compatível com iPhone 4S ou superior e iPad 2 e superior.