Swift Playgrounds a nova forma de programar

Depois das inúmeras novidades apresentadas pela equipa da Apple na WWDC, chega a altura de esmiuçar algumas das apresentações. Vou falar da linguagem de programação Swift, a qual para além de gratuita passará a ser mais fácil de aprender. Durante a WWDC foi-nos apresentado o Swift Playground, uma nova App que será possível utilizar nos iPads e que permite ao utilizador aprender a linguagem de programação da Apple de uma forma simples.

A aplicação não deverá estar instalada de forma pré definida nos dispositivos, pois uma das novidades que foram apresentadas é que as “apps nativas” agora passam a ser opcionais, o cliente só as utiliza e só as tem instaladas se quiser.

Toda a programação do Swift Playgrounds é muito visual, basicamente qualquer pessoa pode aprender a programar na linguagem da Apple de uma forma simples e quase a brincar. Esta nova app permite o incentivo de programação para os jovens nas escolas, que assim podem começar a ter uma primeira introdução ao mundo da programação.

Mas como é que os futuros programadores se vão interessar por esta app?

O que vai acontecer nesta aplicação é a utilização da mesma como se fosse um “jogo”, o utilizador terá vários desafios para conseguir terminar, e em cada um deles será  incutido ao programador uma nova linha de programação.

Mas nem só de programas pré definidos se faz o Swift Playgrounds, podemos criar a nossa própria aplicação do zero no  iPad, e podemos ainda utilizar todos os recursos do mesmo para colocar em prática as nossas ideias. Depois de criada a nossa app a mesma pode ser partilhada com outros programadores via mensagem ou email.

Para todas aquelas pessoas que pretendem aprender a programar de forma simples, acessível e gratuita, o Swift Playgrounds é a oportunidade. Qualquer pessoa de qualquer idade, pode mostrar as suas capacidades de programação em poucos passos e de uma forma simples.O Swift Playgrounds já se encontra disponível para os programadores e irá fazer parte do próximo iOS 10.

0 comments