Apple paga 25 milhões de dólares em guerra de patentes

Não se pode ganhar todas as batalhas judiciais e a Apple decidiu colocar um ponto final numa guerra contra uma empresa habitualmente denominada de “Patent Troll”. A Network-1 Technologies colocou a Apple em tribunal, acusando a gigante de Cupertino de violar uma patente que describe simplesmente uma função para um ficheiro de sistema. Resumidamente, e tal como explica o site The Verge, esta patente está “relacionada com um sistema operativo no qual os documentos são armazenados de uma ordem cronológica”.

Agora a Network 1 revela, através de um comunicado de imprensa, que as duas empresas chegaram a acordo para por fim ao processo em tribunal. A Apple aceitou pagar 25 milhões de dólares (cerca de 22 milhões de euros) para ter direito não-exclusivo ao conteúdo daquela patente e ainda de outras que não foram especificadas por qualquer uma das intervenientes.

A patente em cause teve origem em 1996 na Universidade de Yale, com o seu dono a criar uma empresa chamada Mirror Worlds. Esta empresa também começou uma batalha judicial contra a Apple mas, em 2013, as patentes foram adquiridas pela Network-1 Technologies que manteve a batalha nos tribunais.

0 comments