Apple expande programa de troca de iPhones a mais países

O programa de troca de iPhones foi lançado há cerca de 3 meses nos Estados Unidos, e a sua expansão internacional chega agora a países europeus como a França, Itália, e Espanha. Estes foram os primeiros países escolhidos pela empresa de Cupertino  para pôr início ao crescimento do projeto sustentável (com base na reciclagem de componentes dos smartphones), que a par, é igualmente uma clara campanha de incentivo para que utilizadores de iPhones mais antigos façam a atualização para uma das gerações mais recentes.

Para quem não conhece o funcionamento do programa, este é muito semelhante ao de upgrade (ainda só disponível nos EUA). No ato da compra, entrega o seu iPhone antigo, mas só terá acesso ao desconto e às modalidades de pagamento, não tendo, tal como no de upgrade, a possibilidade em trocar de iPhone anualmente sem qualquer custo adicional. É importante mencionar que este processo de troca não é exclusivo para dispositivos da Apple, sendo também possível devolver smartphones Android e Windows.

Muitos dos que estão habituados a vender o seu iDevice, ao visitarem o site de uma das Apple Store onde o programa já esteja em vigor, podem observar que os valores que a empresa oferece por cada iPhone são relativamente baixos, se comparados ao valor que cada um pode obter com o seu (claro, tudo depende do estado deste) no mercado de usados. Tendo em conta que a Apple anteriormente apenas aceitava pagamentos a pronto, esta é uma melhor forma, (e a única momentaneamente nos 3 países que senão os EUA), para aceder a outro método de pagamento, e um desconto, através da própria empresa.

5 comentários

  1. Jacinto Barros 4 anos atrás

    “Lançado à 3 meses nos EUA”???? Lá se foi a credibilidade…

    1. André Fonseca 4 anos atrás

      Sim jacinto, são 3 meses.

      1. André Fonseca 4 anos atrás

        deve estar a confundir certamente com o programa de upgrade, o de upgrade foi lançado em setembro, este da qual a noticia refere a sua expansão foi lançado mais recentemente, em finais de fevereiro, apenas nos EUA. A informação está certa.

  2. Jacinto Barros 4 anos atrás

    A questão é: Há 3 meses!!!

    1. André Fonseca 4 anos atrás

      jacinto, se este plano surgiu a 18 de fevereiro nos EUA é normal dizer que passaram 3 meses só completa 4 no dia 18 de junho, mas em todo o caso, rectifiquei e coloquei “há cerca de 3 meses”. Obrigado pela dica 😉

Leave a Reply