AirPower é essencial para um iPhone sem portas de carregamento

O futuro passará por um iPhone totalmente sem portas de carregamento ou conexão de qualquer cabo e para isso o AirPower será essencial.

Já há dias noticiamos aqui que a Apple está a trabalhar com o fim de trazer para o mercado o tapete de carregamento multi-equipamento, que no passado ficou conhecido por AirPower.

Como sabemos o episódio do AirPower teve uma primeira falsa partida, e pelo visto a Apple estará agora empenhada em fazer este projeto ver a luz do dia. Desta vez, o trabalho estará a ser feito sob o nome código “Callisto”, segundo avança o iClarified.

Com efeito, o Leaker Jon Prosser revelou que para debelar o problema de sobreaquecimento o AirPower estará a ser testado com o chip A11. Este terá a importante função de gerir a distribuição da energia, por forma a evitar aquecimentos extremos localizados.

Alegadamente, o protótipo que agora está em causa usará pele em vez do mais usual plástico/borracha, como material de fabrico. Mais ainda, este projeto de AirPower terá uma porta Lightning no seu lado direito. Chamamos a atenção do leitor que estes elementos poderão sofrer alterações até à sua versão final.

A pergunta que se impõe é, esta segunda tentativa é pura teimosia de quem tem o orgulho ferido? Ou por outro lado o AirPower é algo que faz parte de um objetivo maior?

Na minha opinião, a parte do orgulho ferido também estará presente na cabeça de Tim Cook e restante equipa. Porém, a verdadeira razão será porque se trata de um passo determinante para caminhar num sentido em que o iPhone abdicará de qualquer porta para carregamento ou conexão.

Para além, da economia de espaço e financeira na construção, a opção de um iPhone sem portas será também um passo importante na “guerra” contra as imposições da União Europeia (UE). Relembramos que a Apple está na mira da UE por causa das conexões de carregamento standard.

Por fim, a data apontada por Prosser para o lançamento deste “novo” AirPower será algures entre o fim de 2020 e o início da 2021. A cifra de cerca de 250 dólares foi apontada como valor provável de venda nos Estados Unidos.

O preço não é meigo, ainda mais na conjuntura que avizinha. O tempo dirá se estes prazos poderão ser cumpridos, bem como, se os valores atuais deste e dos outros equipamentos serão os adequados.

0 comentários

Leave a Reply