A carta de Tim Cook aos funcionários da Apple após a eleição de Donald Trump

Após a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, o CEO da Apple fez circular internamente um email para esclarecer a posição da Apple quanto ao futuro.

Equipa,

Hoje ouvi muitos de vocês sobre a eleição presidencial. Numa disputa política onde os candidados eram tão diferentes e cada um recebeu uma quantidade parecida de votos, é inevitável que o resultado deixe muitos de vocês com fortes sentimentos.

Nós temos uma equipa de empregados muito diversa, incluindo apoiadores de ambos os candidatos. Independentemente de qual cada um de nós apoiou pessoalmente, a única forma de seguir em frente  é fazendo-o juntos. Eu lembro-me de uma coisa que o Dr. Martin Luther King Jr. falou, há 50 anos atrás: “Se não pode voar, então corra. Se não pode correr, então ande. Se não pode andar, então rasteje, mas faça o que fizer  deve continuar a seguir em frente”. Este conselho é atemporal, e um lembrete de que nós só realizamos um bom trabalho e melhoramos o mundo seguindo em frente.

Mesmo que discutamos hoje sobre coisas futuramente incertas, podem confiar que a estrela-guia da Apple não mudou. Os nossos produtos ligam pessoas no mundo inteiro e oferecem as ferramentas necessárias para que os nossos clientes façam coisas incríveis para melhorar as suas vidas e o mundo como um todo. A nossa empresa é aberta a todos, e nós celebramos a diversidade da nossa equipa aqui nos Estados Unidos e ao redor do mundo — sem importar a sua aparência, de onde eles vêm, quem eles reverenciam ou quem eles amam.

Eu sempre vi a Apple como uma grande família e encorajo-vos a conversarem com os vossos colegas caso eles estejam ansiosos.

Sigamos em frente — juntos!

Atenciosamente,

Tim

0 comments