YouTube para iOS… sem volume

Depois da App do Gmail com algumas falhas que não se compreendem… eis que parece ficar definitivamente demonstrado que alguém no Google não anda bem da cabeça – ou então, talvez todas estas pequenas falhas que têm introduzido nas Apps para iOS façam parte de uma manobra cuidadosamente estudada para levar os utilizadores iOS à loucura, ou forçando-os a mudar para Android antes que isso suceda.

É que, a nova App do YouTube para iOS aparece cheia de novidades interessantes: como suporte para AirPlay, streaming e buffering mais rápidos, e suporte melhorado para acessibilidade VoiceOver.

Mas, olhemos para as coisas que nem se imaginariam ser possíveis.


Num iPad, com toda a sua resolução e espaço… agora podemos ver 3 (três!) fantásticos vídeos na lista… mostrando que há mesmo um grande fã do “white space” na equipa de design do Google, que não descansará enquanto não conseguir fazer que todo e qualquer ecrã, por mais gigantesco que seja, apenas permita mostrar um único caracter de cada vez.
Mas, a coisa que poderá angustiar mais utilizadores… é que o Google decidiu retirar o controlo de volume do ecrã – fazendo com que agora apenas possa ser controlado por intermédio dos botões de volume físicos. Poderá parecer uma “niquice” insignificante, e a verdade é que em muitos casos até se pode tornar mais prático controlar o volume no botões físicos.

Mas o problema é que os botões físicos não permitem um controlo “fino” do volume, saltando de nivel em nivel em apenas 16 patamares – e que nos níveis mais baixos, dão um salto entre o silêncio… e o alto de mais (quando se está a querer ver algo à noite, sem incomodar alguém ao lado, por exemplo).

Sinceramente… quem é que tem destas fantásticas ideias de retirar as coisas “essenciais”, que estão lá por realmente fazerem falta?

0 comentários