Venda de iPhone 6 e 6 Plus está em risco na China

O mercado chinês tem sido uma das principais apostas da Apple durante a liderança de Tim Cook mas a empresa tem encontrado alguns obstáculos. Recentemente um tribunal de Pequim proibiu a Apple de vender, naquela cidade, os seus iPhones 6 e 6 Plus por os mesmos terem um design bastante semelhantes a smartphones comercializados por uma empresa chinesa (via TechCrunch).O processo foi criado pela Shenzhen Baili e compara os iPhones da Apple ao seu 100C.

No entanto, é importante notar que este processo diz apenas respeito aos modelos 6 e 6 Plus que, actualmente, já não são a geração mais recente de dispositivos móveis da Apple. Segundo o the Wall Street Journal, várias lojas já tinham deixado de comercializar estes modelos e mudado para os modelos mais recentes que foram apresentados em Setembro de 2015 (6s e 6s Plus) e agora em Março (SE).

Entretanto a Apple já reagiu a esta decisão, tendo pedido um recurso da mesma a um tribunal superior daquele país. Num comunicado a gigante de Cupertino faz questão de afirmar que o “iPhone 6 e iPhone 6 Plus” e os novos “iPhone 6s, 6s Plus e iPhone SE estão disponível para comprar na China”.

0 comentários