TSMC poderá ser a escolhida para produzir processador do iPhone 7

Depois da polémica envolvendo o chipgate dos processadores A9, parece que a Apple já se poderá ter decidido pelo seu principal fabricante para o próximo processador, que estará presente na próxima geração de iPhones.

Segundo uma notícia veiculada pelo site Sul Coreano The Eletronic Times (via macrumors), a Apple já terá assinado o contrato com a empresa Taiwan Semiconductor Manufacturing Company Limited, (TSMC), para o fabrico do suposto processador A10, que estarão presentes nos novos iPhones.

Ao que indicam as mesmas fontes, e ao contrário do que aconteceu com o chip A9, a Samsung deixará então de produzir este componente, sendo assim possível que a fabricante taiwanesa seja a única responsável pelo processo de produção. De acordo com a mesma publicação, a TSMC deverá iniciar a produção do A10 já durante o mês de Junho.

A sinergia entre a Apple e a Samsung no que diz respeito aos processadores sempre foi bastante questionada. Embora habituais rivais, a Apple tem necessitado da empresa sul-coreana para a produção de algum dos principais componentes dos seus dispositivos móveis, como é o caso do processador. É interessante notar que o revolucionário processador de 64-bits que foi lançado pela primeira vez num iPhone, foi produzido pela Samsung.

Nos últimos anos a TSMC tem entrado na produção dos processadores e, embora tenha sido especulado várias vezes ao longo dos últimos anos, esta empresa de taiwan nunca conseguiu substituir a Samsung a 100%. Este facto tem obrigado a Apple a trabalhar com duas empresas diferentes para a produção daquele que é um dos componentes mais importantes dos seus dispositivos móveis.

 

0 comentários