Review: iPhone 6S

Apresentados ao mundo a 9 de Setembro , e volvidos 2 meses após o lançamento do iPhone 6S em Portugal, é tempo de recolher as impressões gerais do dispositivo, e fazer uma análise do mesmo!

O grande destaque, vai para as suas gigantes atualizações no hardware, e novas funcionalidades inseridas no software que fazem deste, o melhor iPhone já produzido!

Design

Normalmente, nas suas linhas “S” a Apple faz apenas mudanças no seu hardware, deixando o seu design praticamente intacto. Assim sendo, os novos modelos mantiveram o seu design simplista, aumentando um pouco a sua dimensão , e espessura, em relação à geração anterior.

FullSizeRender3

Ecrã

A grande novidade no seu ecrã, é sem dúvida a nova tecnologia de pressão, que é em tudo semelhante à tecnologia presente nos trackpads dos MacBooks que foram apresentados nos primeiro 6 meses deste ano.

Com esta nova tecnologia de pressão, a Apple pretende facilitar o uso do telefone por parte do utilizador. Desta feita, a empresa  criou atalhos, desenvolvidos em software, para que o utilizador aceda às funções mais importantes da app pretendida, através de uma pressão forçada no ícone do mesmo.

Neste novo iPhone, mais do que pressionar o ícone de uma app para ativar os atalhos, é mesmo sentir o que fazemos no telefone. Sim , não me enganei, a palavra – chave é mesmo “Sentir”! Foi através de uma novidade de hardware já presente nos Apple Watchs (“Taptic Engine”) que a Apple conseguiu introduzir, com sucesso a tecnologia de pressão já presente nos relógios da maçã para os seus telefones.

Resumindo, quando o utilizador de um iPhone 6S/ 6S Plus ativa alguma função relacionada com o 3D Touch, este recebe um “feedback” leve no ecrã do telefone.

Poderia falar em mais funções do 3D Touch, mas são muitas mais as que estão disponíveis no novo iPhone, sendo impossível falar em todas.  O que importa referir, é que este 3D Touch estava inicialmente presente numa mão cheia de apps mas agora são vários os programadores que têm tomado proveito esta nova tecnologia.

FullSizeRender

Processador e RAM

No interior do novo iPhone temos um novo processador, o A9. Em termos de pormenores técnicos estamos perante um novo estilo de produção do mesmo, tendo existido uma fusão do processador e co-processador de movimento M9, resultando assim num único chip com múltiplas funcionalidades. Através dos resultados obtidos no Geekbench test, confirmamos realmente que estamos perante um poderoso processador, capaz de quase dobrar a performance do seu  anterior modelo.

IMG_0929.PNG

Quanto à sua memória RAM, esta também recebeu uma  preciosa atualização, passando para os 2GB. Desta feita, jogos, e aplicativos rodam de uma melhor forma no seu dispositivo.

 

Câmaras

  • iSight Camera

Começando pela sua iSight Câmara , esta teve uma grande atualização passando dos 8 para os 12 Megapixels, produzindo assim fotografias com mais qualidade.

  • Live Photos

Uma das novidades mais interessantes da sua câmara são as “Live Photos” (captação de pequenos vídeos com som, convertidos em fotos). A grande diferença entre esta funcionalidade e a captação de fotografias normais, é que as “Live Photos” captam um segundo anterior e posterior à captação da foto, tornando-se esta numa espécie de foto “animada”.

Talvez se esteja a perguntar: Então, se eu comprar um iPhone 6s e tirar fotos com essa funcionalidade ativa, poderei depois reproduzir o conteúdo das mesmas noutro dispositivo?

Eu respondo-lhe: É claro que sim, em qualquer outro dispositivo é possível reproduzir a Live Photo. O método é o mesmo, basta pressionar o dedo em cima da fotografia, e este reproduz a foto tal como foi captada.

Concluindo, “Live Photos” é uma grande tecnologia, que com certeza fará as delícias de todos os utilizadores desta nova geração de iPhones.

  • Vídeo

Nesta nova geração, e com esta atualização na resolução da câmara, a Apple tornou possível aos  utilizadores do novo iPhone  a gravação de vídeos em 4K, em 30 fps. Destaco a óptima qualidade na produção de vídeos, não desfazendo as anteriores gerações.

  • Testes

Após testes feitos com a nova câmara, esta geração ganha pontos na produção de fotografias e vídeos. Os resultados dos testes poderão ser consultados na galeria abaixo apresentada:

  1. Teste qualidade de fotografias:
  • Facetime Camera

image
A  sua câmara FaceTime também foi modificada, tendo agora 5 Megapixels, em vez dos antigos 1.2 megapixels. No
entanto, uma das novidades mais interessantes desta renovada câmara é o novo retina flash. Este trata-se de um  flash frontal, produzido pelo ecrã do iPhone, tornando-se bastante útil para a produção de selfies em ambientes escuros.

Na galeria abaixo representada, poderão comparar fotografias tiradas pela câmara frontal, com e sem o novo recurso retina flash.

Em conclusão ao teste feito á sua câmara FaceTime, penso serem notórias as diferenças de qualidade, entre ambas as fotografias. No entanto, chamo á atenção para o brilho, e qualidade da segunda fotografia tirada com o flash ativo.

 

Touch ID

Lançado em 2013, o Touch ID recebeu este ano a sua primeira atualização. Desta feita, este torna-se quase infalível na leitura das impressões digitais do utilizador, sendo assim, mais rápido a desbloquear o iPhone.

FullSizeRender1

Bateria

No que respeita à bateria, os seus resultados são impressionantes! Com 10 horas de utilização moderada, este revela ter uma boa autonomia, mesmo durante a reprodução de conteúdos multimédia, ou navegação na web.

 

image

Software

A experiência iOS neste dispositivo é incrível! Este software revela-se extremamente fluído, rápido, e, principalmente seguro para uma utilização regular, e sem preocupações.

Com a adição de funcionalidades como o 3D Touch, Hey Siri, ou Live Photos ao iOS 9.

FullSizeRender

Hey Siri

Neste novo iPhone, a Siri está mais presente do que nunca. Basta chamar por ela, que ela ativa-se sem necessitar de pressionar o botão home, ou estar conectado à energia. Sem dúvida, esta é uma funcionalidade interessante porque facilita o envio de mensagens, leitura de e-mails, ou até mesmo ligar para alguém sem ter de mexer no telefone, usando a Siri.

Veredicto Final

Na sua avaliação final, concluímos que este novo iPhone teve uma grande atualização em relação ao seu anterior modelo.  Destacamos a sua qualidade, e desempenho de processamento, a sua boa autonomia da bateria, e as novas funcionalidades de 3D Touch, que trazem ao novo iPhone uma nova experiência de utilização no dia-a-dia.

A esta nova geração de iPhones, atribuímos a classificação 9, tendo esta como critérios os seguintes parâmetros:

 

0 comments