Johny Srouji – O homem por detrás dos processadores da Apple

O jornal Bloomberg Business traçou o perfil de Johny Srouji, o actual Vice-Presidente para Tecnologias de Hardware e que se tornou uma das pessoas mais importantes dentro da Apple.

Srouji juntou-se à Apple em 2008 e, apenas 2 anos depois, a empresa disponibilizou aquele que foi o seu primeiro processador para dispositivos móveis desenhado e criado por si: o A4. Desde então, a Apple tem, anualmente, melhorado de um modo exponencial a performance dos seus processadores que permite à empresa reforçar a sua linha de produtos móveis: iPhone, iPad e Apple TV.

No entanto, a equipa deste Vice-Presidente foca-se principalmente em Silicone e, por isso, alguns dos produtos gerados não se aplicam só a processadores mas também a baterias, sensores ecrãs e outros Chips.

A Bloomberg revela também que Srouji teve um papel importante no actual iPad Pro. Anunciado em Setembro do ano passado, parece que este modelo estava bastante atrasado na produção e havia mesmo a possibilidade de ter especificações mais ultrapassadas que o actual iPhone 6s.

O desenvolvimento de Chips caseiros permite à Apple adaptá-los consoante as suas necessidades. Embora seja um processo moroso, a verdade é que a criação de uma equipa para este desafio revelou-se bastante benéfico para o sucesso da Apple a curto e longo prazo.

Em Dezembro do ano passado, Srouji foi promovido a Vice-Presidente passando a reportar directamente ao CEO da Apple, Tim Cook. Essa subida de cargo foi recompensada com mais de 20.5 milhões de dólares em acções e este Israelita de 51 passou então a ocupar uma das melhores posições numa gigante tecnológica, depois de ter passado por empresas como a IBM e Intel.

 

0 comentários