Fotografar vs. processar

Não há resposta certa sobre a melhor forma de utilizar as Apps, mas partilho convosco a forma como eu o faço para pensarem se faz sentido para vocês.

Quando estou a fotografar a minha preocupação é capturar o momento e fazê-lo da melhor forma possível, explorando vários enquadramentos, diferentes opções de iluminação, … e, por isso, não me preocupo com o processamento da foto.

É certo que há alturas em que estou a fotografar e imagino o que quero fazer com a foto em termos de processamento e, como utilizo o Instagram, tenho em atenção um enquadramento que funcione em formato quadrado.

No entanto, em 99% das vezes, fotografo sem utilizar a App onde depois vou processar a foto. Prefiro ter a foto original e depois dedicar-me ao seu processamento utilizando a(s) App(s) que melhor se adequar ao resultado que quero transmitir com aquela fotografia em particular.

É esse o meu conselho, dividam o momento de fotografar daquele que vão dedicar ao processamento da foto, seja para um simples ajuste de contraste ou para uma multiplicidade de sobreposições de filtros.

Mas como dizia na crónica anterior… fotografem! Fotografem muito, pois é a melhor forma de melhorar e não interessa a câmara que utilizam porque o importante é treinar o olhar e, como dizia Chase Jarvis, “a melhor câmara é aquela que tens contigo” (thebestcamera.com).

Nota: São bem vindas as sugestões para temas futuros através
do e-mail geral@iclub.pt

0 comments