Estudo demonstra que o iPhone 5 e 4S estão entre os smartphones mais amigos do ambiente.

iphone5

A iFixit em parceria com a Healtystuff.org apresenta-nos um estudo que compara vários smartphones existentes no mercado no que toca à toxicidade dos materiais que os compõe. Entre os modelos comparados encontram-se as várias gerações de iPhone.

Numa altura em que diminuir a pegada ecológica se torna uma prioridade, é importante perceber até que ponto os gadgets que usamos no nosso dia-a-dia contribuem para a degradação do meio ambiente. Nos equipamentos mais recentes tem havido várias mudanças a nível dos materiais utilizados, o vidro ou alumínio que são materiais altamente recicláveis passaram a ser predominantes, como no caso do iPhone, no entanto no interior destes mesmos equipamentos continuam a existir componentes bem mais tóxicos.

A Apple como uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, refere em todos os produtos a sua dedicação na redução do impacto ambiental. A análise da HealthyStuff demonstra que a Apple tem efetivamente vindo a reduzir a toxicidade dos componentes usados no processo de fabrico do iPhone.

rankings

Legenda: Os testes foram efetuados através de um processo que determina a composição química dos materiais, após o teste foi atribuída uma pontuação ao equipamento numa escala de 0 a 5 (valor mais baixo indica uma menor toxicidade).
As cores representam o nível de preocupação no que toca ao impacto ambiental.

A tabela de pontuações mostra uma melhoria significativa desde o primeiro iPhone lançado. O primeiro iPhone recebeu a pior pontuação dos 36 equipamentos testados enquanto que o iPhone 4S e o iPhone 5 ocupam agora as primeiras posições da tabela. Apesar de continuarem a existir materiais tóxicos neste tipo de produtos, é bom saber que estão a ser dados passos para que o descarte dos mesmos acarrete os menores prejuízos possíveis para o meio ambiente.

0 comments