CouchSurfing – A partilha de sofá chegou ao iPhone

Os membros da maior rede social de viagens não podiam ter melhor notícia, e mesmo a tempo das suas aventuras de verão. Finalmente, o CouchSurfing deu o salto e decidiu surfar para “o sofá” do iPhone.

Para os menos familiarizados com o tema, e de forma simplista, Couchsurfing (surfar no sofá) é basicamente um projeto de hospitalidade, sustentado na Internet, onde de forma genérica, os viajantes são acolhidos gratuitamente, em casa (sofá) dos anfitriões que, para além de hospedagem, lhes podem proporcionar uma visita à cidade ou ajudar a desvendar a cultura e modo de vida locais.

A aplicação para iOS, agora lançada, é a primeira experiência de interação entre aquela plataforma e os seus utilizadores fora da esfera dos browsers. Contudo, não tenta replicar esse ambiente.

Logo no ecrã de login a autenticação pode ser efetuada através do tradicional nome de utilizador e palavra-passe, mas também através do perfil do Facebook. Porém, se ainda não forem membros da comunidade, não é possível fazer o registo diretamente através da app, que encaminha o processo para o endereço de e-mail introduzido.

Após a autenticação, deparamo-nos com um menu simples e deslizante envolvendo apenas 4 opções: Pedidos de Sofá, Pesquisa, O seu Perfil e Configurações. Esta última apenas apresenta o fuso horário atual e permite o logout da aplicação.

Na Pesquisa de Sofá, a busca primária é efetuada por localidade, ou seja, introduzimos o nome da cidade, vila, ou local onde pretendemos procurar acolhimento. Pena é que a georreferenciação não seja uma funcionalidade integrada na aplicação, o que torna impossível realizar pesquisas utilizando a localização atual detetada pelo próprio iPhone. Podem ser aplicados filtros para restringir a nossa pesquisa como, por exemplo, idade, sexo, língua… Mas, mais uma vez, damos pela falta de uma opção que nos permita filtrar os resultados por disponibilidade de “sofá”, isto é, a lista resultante da nossa pesquisa apresenta muitas vezes couchsurfers locais, mas que de momento se encontram a viajar, ou que somente se disponibilizam para tomar um café e mostrar a cidade ou, ainda, que simplesmente não têm “sofá” disponível no momento.

Os pedidos de acolhimento efetuados quer através desta aplicação, quer através da plataforma web, estão acessíveis através da opção do menu Pedidos de Sofá. Assim, a comunicação, entre o Anfitrião (Host) e o Surfista (Surfer), torna-se mais fácil e flexível. Apesar da presença desta funcionalidade, um importante aspeto parece ter sido esquecido: a comunicação ou troca de mensagens espontâneas com outros membros da comunidade não é possível. Ou seja, a menos que se tenha efetuado um pedido de sofá, não existe outra forma de comunicar com os outros couchsurfers.

Analisando finalmente o ponto do menu em falta, o nosso Perfil, verificamos que, no fundo, tudo o que é essencial parece estar presente: os nossos dados gerais, fotografias, amigos, recomendações… Todavia não é possível a edição do nosso perfil através da aplicação, sendo sempre necessário, para esse efeito, recorrer à plataforma web. Esta limitação não deixa de ser um pouco frustrante, pois quem não imagina o potencial de interatividade que seria criado se, por exemplo, fosse possível adicionar uma fotografia acabadinha de tirar através do nosso iPhone ou simplesmente nele guardada.

Por último, todos os que começarem a utilizar esta nova aplicação darão inevitavelmente pela falta de um pormenor deveras importante. Os grupos e atividades (um dos grandes motores da comunidade) não estão ainda acessíveis através da desta app. Isto faz com que uma das áreas que mais movimenta e promove a interação entre couchsurfers , e que poderia promover de forma estrondosa a adoção desta nova aplicação, não esteja sequer presente. Porém a recente mudança destas duas áreas na plataforma web pode ajudar a explicar a sua ausência nesta primeira versão da aplicação para o iPhone.

Em suma, com uma navegação simples e intuitiva, em que a rapidez e fluidez estão presentes, esta aplicação assume-se apenas como um complemento à plataforma que a comunidade usa através da web, não a substituindo de todo. É no entanto uma importante ajuda quando não se tem um computador por perto, uma vez que torna mais acessível o processo de pedido de sofá/acolhimento. Como pontos negativos, a ausência dos grupos e atividades, e a impossibilidade de comunicação espontânea entre membros, são sem dúvida aspetos a rever numa futura versão.

Se já é um couchsurfer, a instalação desta aplicação no seu iPhone é recomendável, uma vez que, além de ser grátis, pode ser uma importante ajuda nos pedidos de sofá de última hora. Se ainda não é membro desta comunidade mas ficou curioso, não deixe de visitar primeiramente a página oficial do projeto.

[divider]

Download: iTunes Store
Preço: Grátis

Categoria: Viagens
Data de lançamento: 06 de junho de 2012
Versão: 1.0
Tamanho: 8.2 MB
Idiomas: Português, Árabe, Inglês, Francês, Alemão, Polaco, Romeno, Russo, Espanhol
Programador: CouchSurfing International Inc.
Site: http://www.couchsurfing.org

Requisitos: Compatível com iPhone 3GS, iPhone 4, iPhone 4S, iPod touch (3ª geração), iPod touch (4ª geração) e iPad. Requer o iOS 4.3 ou posterior.

0 comments