Como escolher um programa diferente para abrir um ficheiro

A maneira mais simples que existe de abrir um ficheiro é fazer um duplo clique sobre ele. Quando o fazemos, o computador escolhe um programa que “conheça” esse tipo de ficheiro. Mas, e se nós quisermos abrir o ficheiro com um programa específico, diferente daquele que abre por defeito?

Imaginemos o seguinte cenário. No nosso computador, temos instalados vários programas que sabem ler ficheiros de imagem do tipo JPEG, como a Pré-Visualização, o Pixelmator, o GIMP ou o Adobe Photoshop. Quando fazemos duplo clique num ficheiro do tipo JPEG, o Mac abre a imagem num desses programas, tipicamente a Pré-Visualização.

Uma forma de escolher o programa com que queremos abrir o ficheiro é clicar com o botão direito do rato (ou fazer CTRL + clique) e escolher a opção Abrir Com. Aparecerá uma lista de programas, de entre os quais poderá escolher o que melhor se ajustar à tarefa que desejamos realizar.

Mas, quando fazemos isto, a ação só tem efeito desta vez. Se quisermos que este ficheiro seja sempre aberto com um determinado programa, devemos realizar os passos que se seguem.

Clique com botão direito do rato (ou CTRL + clique) no ficheiro e escolha a opção Informações (CMD + I). Aparecerá uma janela com informações variadas sobre o ficheiro. Essa janela inclui uma parte que permite escolher o programa com que desejamos passar a abrir o ficheiro:

Escolhemos o programa, e pronto. Da próxima vez que tentarmos abrir este ficheiro, será utilizado o programa que acabamos de especificar.

Note-se, no entanto, que esta configuração apenas tem efeito sobre este ficheiro, não afetando portanto todos os ficheiros do mesmo tipo. Se quisermos, por exemplo, que todos os ficheiros do tipo JPEG passem a ser abertos com o Adobe Photoshop, precisamos de pressionar o botão Alterar Todos…

A maior parte dos sistemas operativos não conseguem associar uma aplicação específica a um único ficheiro. Trata-se, pois, de uma particularidade do Mac OS X que às vezes se revela muito prática.

0 comentários