Câmara do iPhone 5 combina pixeis para melhorar sensibilidade

Parece estar descoberto o método que a Apple usa no iPhone 5 para permitir tirar as fotografias em situações de baixa luminosidade – uma das principais novidades face aos iPhones anteriores. A descrição resumida mencionava apenas que agora a câmara do iPhone poderia usar modos até ISO 3200 em vez do ISO 800  dos modelos anteriores.

Mas na análise mais cuidada do site DPRreview, já se descobriu a técnica (que já era suspeitada por alguns) a que a Apple recorreu para permitir estas fotografias em situações que nos iPhones anteriores ficariam demasiado escuras. A Apple parece estar a fazer o chamado “pixel binning, que consiste em usar grupos de pixeis como se fosse um só, mas de maiores dimensões. Ou seja, vez de usar apenas um pixel, usamos – por exemplo – um bloco de quatro, para obter um resultado médio com menor nível de “ruído” que apenas um só pixel.

Claro que o inconveniente é que a resolução é reduzida, algo que parece ficar confirmado quando se olha para as diferenças de nitidez entre o modo de ISO 800 e os novos modos de alta-sensibilidade daí para cima.

Mesmo com resolução reduzida (as dimensões finais da imagem são sempre as mesmas, o que significará que a Apple depois faz o redimensionamento da imagem para o tamanho original), parece-me ser um compromisso mais que aceitável… pois será sempre melhor poder ter uma imagem onde se consiga ver algo, mesmo que com menor nitidez ou resolução… do que ter uma foto onde não se consegue ver nada por estar tudo demasiado escuro.

(Apenas um último reparo, de que este processo não é novidade nenhuma no mundo dos sensores digitais, e um dos casos mais notórios desta técnica pode ser visto no Nokia 808 Pureview, que também usa o mesmo método para melhorar a qualidade das suas fotos graças ao sensor de 41MP.)

0 comments