Apple poderá ter que pagar mais de 7 mil milhões euros na Europa

As contas foram feitas pelo Bloomberg e o valor diz respeito aos impostos que a Apple não pagou devido a um acordo nos impostos que a empresa tem na Irlanda.

Desde 2014 que a Comissão Europeia está a investigar um suposto acordo entre o governo irlandês e a gigante norte americana, permitindo a esta última apenas pagar 2.5% de impostos em vez dos habituais 12.5%. No final do ano passado, a comissão decidiu prolongar a investigação acreditando-se cada vez mais que o acordo será considerado ilegal.

Se esta situação se confirmar, a Apple não será considerada culpada – essa acusação cairá sob o governo irlandês – mas a empresa terá que pagar todos os impostos em falta que, pelos vistos, podem ser superior a 8 mil milhões de dólares (cerca de 7.32 mil milhões de euros), uma situação que irá certamente merecer críticas por parte dos responsáveis máximos da Apple. Ainda recentemente, o CEO da Apple afirmou que a empresa paga todos os impostos a que está obrigada mas isso não significa aquilo a que está obrigada não é ilegal de acordo com as leis europeias.

Os problemas da Apple com impostos não são recentemente e, ainda no final do ano passado, a empresa aceitou pagar 318 milhões de euros na Itália. O negócio acabou por ser benéfico para a Apple que pagou cerca de metade do que devia ter pago nos últimos anos naquele país.

0 comentários