Apple Music é motivo para Kanye West e Tidal irem a tribunal

Há promessas que nunca deveriam ser feitas e uma delas foi feita por Kanye West e a empresa de streaming de música Tidal. Por altura do lançamento do novo álbum de Kanye West, intitulado Life of Pablo, foi prometido que o mesmo seria um exclusivo do serviço Tidal (criado pelo também cantor Jay Z).

No entanto, a verdade é que Life of Pablo já se encontra disponível em outros serviços de streaming como Apple Music e Spotify. Tal como noticia o Business Insider, um homem (Justin Baker-Rhett) colocou o cantor e a empresa em tribunal por publicidade enganosa. Como prova, Baker-Rhett anexou tweets feitos por Kanye West que, entre outro conteúdo, dizem “O meu álbum nunca mas nunca estará na Apple. E nunca estará à venda… Apenas disponível  no Tidal”.

A subscrição do Tidal está associada uma mensalidade de aproximadamente 10$ por mês e os documentos no tribunal afirmam que o serviço conseguiu angariar cerca de 2 milhões de utilizadores só com este “exclusivo” de Kanye West. O próprio Tidal afirmou na altura que o novo álbum foi ouvido mais de 250 milhões de vezes.

Se este caso tiver sucesso no tribunal, é de esperar que tanto Kanye West como a plataforma Tidal sejam processador por outros utilizadores, que subscreveram só por causa do novo álbum Life of Pablo.

0 comentários