Apple destaca ResearchKit e anuncia CareKit

A vertente da saúde e Biomedicina começa a ter uma importância cada vez mais no mundo da Apple e a empresa faz questão de evidenciar isso.

Antes de apresentar qualquer novidade em termos de hardware, a Apple deu destaque ao ResearchKit. Esta plataforma foi apresentada pela Apple em Março do ano passado e veio revolucionar a utilização dos dispositivos móveis da empresa no mundo da biomedicina. A partir daquela altura, qualquer pessoa poderia usar o seu iPhone ou iPad para participar em ensaios (pré-) clínicos e assim ajudar a investigação científica a ter um cohort de indivíduos largamente superior àquele que seria possível sem esta tecnologia.

Neste evento a empresa mencionou os avanços do ResearchKit incluindo alguns novos estudos que incluem um perfil genético. Durante a apresentação foi dado revelo à doença de Parkinson, uma doença neurodegenerativa caracterizada por problemas motores. A genética e sintomatologia dos doentes é bastante dispersa e tentar encontrar possíveis detalhes que unam os pacientes é um dos maiores óbvios da investigação clínica.

Com o sucesso do ResearchKit, a Apple decidiu expandir a sua presença nesta área com o anúncio do CareKit. Esta plataforma surge como um método de interacção entre um paciente e uma equipa de saúde e a sua familia. Em detalhe, o paciente poderá registar alguma dos seus dados (pós-operatório por exemplo) e o mesmo serem partilhados tanto com os médicos que o acompanham como com os seus familiares, sendo estes últimos mais para apoio moral.

 

0 comments