Apple contrata Cynthia Hogan para reforçar presença em Washington

A Apple acaba de fazer uma contracção de peso no mundo do desporto. Cynthia Hogan – que chegou a ser conselheira do actual Vice-Presidente dos Estados Unidos Joe Biden – desempenhava actualmente o papel de “lobbyista” de topo para a National Football League (empresa responsável pelo Futebol Americano).

Tal como reporta o Politico, Hogan irá reportar directamente à Vice-Presidente para o Ambiente da Apple, Lisa Jackson, e irá ocupar a posição de Vice-Preisdente para políticas públicas e assuntos governamentais nas Américas. Isto significa que embora a sua principal presença seja notada em Washington, Hogan também estará envolvida em decisões no Canadá e América Latina.

Numa declaração Jackson afirma que o “intelecto e capacidade de julgamento de Cynthia tem constantemente distinguido-a como uma profissional de talento único” e que a “Apple tem agora a sorte de ela se ter juntado à equipa”.

Numa altura em que a Apple quis forçar o governo dos Estados Unidos a tomar uma decisão pública sobre no caso que envolveu a gigante norte-americana e o FBI, é compreensível que a Apple queira reforçar a sua presença perto daqueles que realmente tomam este tipo de decisões.

Embora a guerra entre o FBI e a Apple tenha chegado ao fim, a verdade é que a mesma criou uma enorme divisão entre o povo americano e não só. Num lado a agência governamental e o Presidente dos Estados Unidos, do outro a Apple juntamente com várias outras empresas de tecnologia  e até as Nações Unidas. Sabendo agora que a solução encontrada pelo FBI não é aplicável a todos os casos, é esperada mais batalhas entre privacidade e segurança.

0 comments