Apple afasta-se do Skeuomorphismo

A Apple muito tem sido criticada recentmente por ter deixado “envelhecer” o iOS, que outrora era encarado como um sistema moderno e visualmente refrescante… mas que agora começa a parecer antiquado e pouco atractivo. Um dos factores que terá sido responsável por esse envelhecimento pode ser atribuido ao “Skeuomorphismo” – ou seja, a tentativa de replicar digitalmente coisas mais tradicionais, desde o feltro verde no Game Center, à semelhança de uma mesa de jogos num casino, ou uma carteira com couro costurado quando vamos ao Find my Friends, ou ainda um deck com fita a rodar na app dos podcasts.

São opções realmente de gosto bastante duvidoso… que eu próprio tenho vindo a criticar há bastante tempo; e sinceramente, até gostava de poder ter um feedback em primeira mão de um qualquer jovem que olhasse para a app dos podcasts, para saber se aquelas “fitas a rodar” fariam qualquer significado para uma geração que nem sequer conviveu com as cassetes compactas.

Skeuomorphismo

Mas… desde a barracada inicial dos mapas da Apple e o afastamento de um dos grandes fãs deste tipo de design, e a passagem do testemunho a Jony Ive, que se antevê que grandes mudanças a nível de design estejam para acontecer. E isso é algo que se poderá antecipar por algo tão simples quanto a recente actualização da App de Podcasts, que se livrou da “fita” e dos botões a imitar teclas físicas, optando por um design mais simples – bem na linha do que Jony Ive parece ter idealizado para os produtos Apple.

Vamos lá ver se esta influência poderá ter frutos já na actualização do iOS que se espera ainda durante este ano (provavelmente a acompanhar o lançamento de um novo iPhone – uma vez que tal como a Samsung já demonstrou, as novidades agora começam a recair sobre o lado do software e não do hardware). Pois senão, continuará a ser bastante caricato que algumas das apps com melhor aspecto no iOS… sejam as do Google.

0 comments