Apple acusada de violar patentes de streaming na Alemanha

A semana passada a Apple sofreu uma derrota significativa nos tribunais alemães. A gigante norte-americana foi considerada culpada de violar patentes da empresa suíça Kudelski OpenTV, com esta decisão a poder afectar algumas das funcionalidades dos seus produtos.

A informação é avançada pela agência noticiosa Reuters, que refere que o processo teve início em 2014 quando a OpenTV acusou a Apple de violar 3 patentes relacionadas com software de streaming. Ao que parece o tribunal decidiu que a queixa da OpenTV “é predominantemente válida e bem fundamentada”.

Na queixa a OpenTV afirma que vários produtos da Apple violam as suas patentes de streaming de vídeo incluindo todos os dispositivos móveis com iOS, a Apple TV, a App Store e ainda todos os computadores Mac que corram o sistema operativo OS X.

Curiosamente a Apple não é a primeira empresa a ser processada pela OpenTV e a gigante de cupertino até está a ser processada pela OpenTV nos Estados Unidos, sendo acusada de infringir patentes relacionadas com o acesso a conteúdo interactivo em smartphones e computadores.

Para além da Apple também a Netflix, Verizon, Cisco, Google e Disney foram vítimas da Kudelski o que até compreensível quando se percebe que esta última e dona de mais de 4500 patentes. Neste momento não se sabe quais serão os próximos passos da Apple, com a empresa ainda a poder recorrer da decisão do tribunal de Düsseldorf.

 

0 comentários