App da semana: Pokémon Go

Pokémon Go é a app do momento. Ainda tentei fugir ao fenómeno, mas depois vi o Bento Rodrigues a apanhar um pokémon em direto no Primeiro Jornal da Sic e decidi dar uma oportunidade ao jogo.

Desde os tempos do jogo para o Game Boy que o objetivo do Pokémon era precisamente apanhar pokémons, treiná-los e conseguir mais pokémons. Esta nova versão utiliza uma ferramenta mais ‘moderna’, a realidade aumentada.  O jogo permite capturar pokémons enquanto visita lugares existentes no mundo real. Quando se cruza com alguma destas criaturas, a câmara do smartphone é ativada, mostrando o pokémon sobreposto na imagem que a câmara está a captar. É como se ele estivesse ali mesmo à sua frente.

aa

Existe também uma componente cultural: foram criados PokéStops em locais interessantes tais como museus, marcos históricos, monumentos, ruas importantes, etc, e é aqui nestes locais que o o utilizador consegue, por exemplo, pokeballs, necessárias para capturar pokémons.

bb

Esta é a base do jogo, mas existe muito mais para descobrir. Quando atingir o nível 5 pode entrar num ginásio e quando o fizer, passará a pertencer à equipa que tiver conquistado esse ginásio. Aqui poderá treinar os seus pokémons, defender o território/ginásio, ou quem sabe, tentar conquistar outro.

O jogo é gratuito.

Pokémon GO
Price: Free+

0 comentários