Ontem publicamos aqui o unboxing aos auscultadores Sennheiser MM70i e, tal como prometido, hoje é dia de darmos a conhecer a análise feita ao produto. Pelas opiniões que consegui recolher nas últimas 24 horas, há uma certa expectativa da vossa parte em verem uma review feita por uma rapariga.

Não sei se será melhor ou pior, isso deixo obviamente para a vossa apreciação, mas será necessariamente diferente. Porquê? Porque nós, mulheres, estamo-nos a marimbar para os decibéis, para o espectro sonoro ou se há amplificação de graves. A verdade é que não percebemos puto disso. Por isso, contem com uma análise ao nível do conforto, da qualidade percebida do som e da usabilidade do equipamento. Posto isto, vamos ao que interessa:

Para quem está habituado aos auscultadores da Apple, é impossível não estranhar a primeira vez que colocam estes Sennheiser MM70i, a começar desde logo pela forma. Ao contrário dos auscultadores mais comuns, que se seguram na entrada do ouvido, estes Sennheiser são feitos para serem inseridos e se justarem ergonomicamente aos nossos ouvidos. Obviamente que é coisa pouca, uns 5 mm no máximo, mas o suficiente para fazer alguma confusão e leva o seu tempo a nos habituarmos. Ando há três dias a experimentar estes auscultadores, cerca de uma hora por dia, e ainda são um objeto estranho. Mas são fáceis de colocar, apenas levamos algum tempo no início a ajustar – se deixamos mais soltos e na superfície, se os seguramos melhor.

A segunda grande sensação estranha é a insonorização. A forma cilíndrica dos auscultadores obriga o som a passar por um tubo antes de ser libertado nos nossos ouvidos o que faz realçar a música e abafar muito os sons exteriores. A melhor forma de vos demonstrar esta insonorização é pedir que se lembrem de quando ficam com os ouvidos tapados com água e dizem alguma coisa. Sabem como a vossa voz parece saída do fundo de um poço? Se conversarem com alguém com os auscultadores postos, a sensação é a mesma. Os sons exteriores são de tal forma abafados que é muito complicado fazer outra coisa com os auscultadores postos a não ser ouvir música, tal é a sensação de abstração do exterior que nos proporcionam.

Grande parte do teste fiz no meu percurso diário a pé entre casa e o trabalho, no qual atravesso a Rodovia de Braga (com movimento e ruído equiparável à VCI no Porto ou à CREL em Lisboa) e o próprio centro da cidade. Digo-vos que ter o som alto (nem precisa de ser muito alto) nestas situações pode ser perigoso, porque só com muita atenção conseguem ouvir os carros a apitarem ou mesmo o telemóvel a tocar. Se estiverem a ouvir a vossa música favorita, o mais certo é ligarem o piloto automático e quando derem por ela já atravessaram meia cidade sem darem conta.

Falando da qualidade do som: é muito boa. Não sou perita em equipamentos musicais, mas passo grande parte do meu dia com música, quer nas deslocações casa-trabalho, quer durante o dia a trabalhar. E poucos equipamentos que possuo conseguem a nitidez sonora que estes Sennheiser MM70i oferecem. Mesmo aumentando muito o volume – ao ponto de quase não conseguirmos aguentar – o som não distorce, não há aquele ruído típico de quando puxamos pelo equipamento. Testei com vários géneros musicais, para me aperceber se há instrumentos que se ouvem melhor ou pior e… não. A qualidade sonora é mesmo muito boa.

Para o final, deixo dois aspectos menos positivos. Primeiro, o tamanho do cabo. Se não tivesse hoje trazido os auscultadores para o trabalho provavelmente nem me apercebia disto, mas ainda bem que posso incluir isto na análise. Qual o problema? É curto. Trabalho com um iMac de 21,5′, o que me obriga a afastar um pouco o monitor para ter a vista confortável e, com apenas 1.4m de cabo disponível, não consigo afastar o suficiente. Por outro lado, têm o tamanho ideal para andar na rua, dado que, se tivermos o iPod no bolso, pouco fio anda solto. E eu percebo esta opção da marca: estes auscultadores mais leves são normalmente utilizados no exterior, enquanto que indoor recorremos mais aos modelos maiores, com suporte na cabeça. A minha única questão é que, devido à capacidade de insonorização já referida destes Sennheiser, não sei até que ponto o uso no exterior é o mais indicado.

O segundo reparo não é definitivo, porque pode ter sido situação única e exige maior uso para tirar dúvidas: ao passar na Sé de Braga, numa rua com correntes de ar, ouvi por duas vezes o som do vento a passar nos auscultadores. Podia tê-los mal colocados, mas o certo é que me aconteceu por duas vezes e no mesmo sítio. Mas como disse, foi pontual e pode não ser a regra.

Últimas notas, muito breves: os auscultadores vêm com comando e microfone integrado, tal como os da Apple, para ajuste de som e mudança/pausa de música. Por outro lado, a colocação dos mesmos exige que passemos o fio que liga o auscultador direito ao esquerdo por detrás da cabeça, o que dá muito jeito quando os temos de tirar porque ficam pendurados no pescoço. Por fim preço: 79€.

Para conhecerem todas as características e pormenores técnicos visitem o site da marca.

[divider] [col_1_2]

Pontos Positivos

[arrow_list]
  • Insonorização
  • Ergonomia
  • Qualidade do som
[/arrow_list] [/col_1_2] [col_1_2]

Pontos Negativos

[arrow_list]
  • Tamanho do cabo
  • Desempenho com vento (requer um teste mais completo)
  • Requer habituação à forma (questão do conforto)
  • Preço (não estamos habituados a dar tanto dinheiro por este tipo de auscultadores, embora eu considere que valha a pena)
[/arrow_list] [/col_1_2] [divider]

Queremos agradecer à Magnelusa por nos ter cedido este equipamento.