Alguém poderá ter descoberto como desbloquear iPhone e Apple quer saber como

A batalha entre a Apple e o FBI poderá ter recebido uma reviravolta inesperada. De acordo com o site Politico, a agência governamental pediu um atraso na audiência da Apple, porque alguém poderá ter encontrado uma maneira de aceder ao iPhone 5c do atirador de San Bernardino.

Um procurador federal afirmou que “no dia 20 de Março, uma terceira entidade demonstrou ao FBI um possível método para desbloquear o iPhone de Farook” e que agora são “necessários testes para perceber se este é um método viável sem comprometer os dados” presentes no iPhone. Assim, “se o método for viável, é eliminada a necessidade de assistência por parte da Apple”.

Como seria de esperar, a Apple foi rápida a posicionar-se com esta notícia. Numa chamada telefónica feita com repórteres (via Engadget), um advogado fez questão que faz questão de conversas com quem quer que seja a pessoa ou empresa que está a oferecer a solução. Adicionalmente, a Apple quer saber ao certo qual é a vulnerabilidade no iOS que está a ser explorada, caso o governo insista em manter o caso em tribunal.

No entanto, caso o FBI consiga o que quer, o mais provável é que ponha um fim ao processo em tribunal. Se isto acontecer a Apple não poderá pedir para saber qual a vulnerabilidade encontrada pela entidade.

0 comentários