Apple recusou pedidos do governo chinês para aceder ao código fonte

A confirmação veio da própria Apple e, segundo esta, o governo chinês solicitou, desde 2014, o acesso total ao código-fonte da programação do iPhone. Não se sabe qual o intuito do governo chinês estar a fazer “pressão”, quando não se tem tido conhecimento de nada em relação a processos judiciais.

Tal como fez com o FBI, a Apple recusou o pedido de acesso ao iPhone inúmeras vezes ao governo em questão, e a justificação é sempre a mesma, tal como foi dada ao FBI: A segurança dos utilizadores pode ficar em risco.

Até ao momento a Apple tem conseguido manter pulso firme com a decisão que tomou, em negar o acesso total ao iPhone por parte de governos ou agências federais. A fortalecer a posição da Apple está o facto da mesma não tem qualquer maneira de aceder ao dispositivos, obrigando à criação de de ferramentas novas só para essa tarefa.

Para a empresa a segurança dos utilizadores é tudo, e Tim Cook já o demonstrou numa carta aberta aos utilizadores da marca onde falava sobre a encriptação.

A Apple continua a defender a segurança dos seus utilizadores com uma forte encriptação, tão forte que nem o próprio FBI conseguiu aceder ao iPhone de San Bernardino. Para conseguir ter sucesso nesta missão quase impossível, o FBI teve de recorrer a uma empresa privada especialista em recuperação de dados, apesar de não ter sido uma solução universal para todos os dispositivos iOS.

Bruce Sewell, que já faz parte dos quadros da Apple desde 1989 e que é um dos altos cargos da empresa proferiu as seguintes palavras em relação ao pedido feito pelo referido governo:

“Nós (Apple) não fornecemos o código-fonte do iPhone ao governo chinês … Eu quero ser muito claro sobre essa questão”

Com tudo o que se tem passado nos últimos tempos, a empresa pode estar a ponderar adicionar novas formas de encriptação aos dados dos clientes. Se isso se verificar todo o conteúdo armazenado no iCloud passa a estar mais seguro que nunca. Será este um dos temas quentes a ser abordado na WWDC 2016?

Apesar de toda a controvérsia em torno da segurança a Apple afirma a ser a empresa mais segura do mundo.

 

 

 

0 comments