10 dicas para tirar o máximo partido do macOS Sierra

Em Junho a Apple deu-nos a conhecer o novíssimo macOS Sierra que veio com novas funcionalidades, mas infelizmente, e como sempre não é compatível com todos os Macs que se encontram no mercado. Para começar e se ainda não tem o novo macOS Sierra instalado no seu Mac, veja aqui se o mesmo é compatível com o mais recente sistema operativo da Apple e atualize caso seja. O novo Sierra vem com inúmeras novas funcionalidades, fique a conhecer algumas.

1. Separadores e mais separadores

Para todos aqueles que gostam de ter o seu computador completamente organizado, e principalmente a navegação na internet, a nova capacidade das tabs é fenomenal. Para quem ainda não se apercebeu, é possível transformar uma app de terceiros numa tab. Sim, podem transformar uma janela, numa tab do browser. Quando me refiro a um browser falo naturalmente do Safari, o browser nativo de qualquer Mac.

Acaba por ser bastante incomodativo, por mais que já se esteja habituado às janelas das apps o facto de poder “pegar” e arrastar uma app de terceiros para cima do Safari e a transformar numa aba do browser, é uma gigantesca ajuda para a organização do nosso desktop.

2. Organização de ficheiros no iCloud

Com o macOS Sierra foi lançado também um novo recurso que ajuda o utilizador a fazer uma melhor gestão dos seus arquivos. Como assim? Esta função chama-se Optimized Storage, e com ela podemos organizar de forma automática no iCloud os ficheiros mais antigos.

Vamos imaginar, temos um filme que já foi visto, o macOS Sierra irá saber que esse filme já foi aberto e já foi visto até ao fim. Para fazer uma melhor gestão do espaço, e ele irá automaticamente mover o filme para a drive do iCloud para nos poupar espaço no disco.

Mas não nos ficamos por aqui, tudo o que esteja na reciclagem e que tenha mais de 30 dias irá automaticamente ser eliminado.

Os ficheiros podem ser catalogados por “dias”, qualquer um dos formatos existentes. Vamos supor, enviamos uma fotografia ou um vídeo a um familiar mas agora não sabemos como a encontrar ou se ainda a temos.

Mesmo que já não a tenhamos sabemos que foi ontem a ultima interacção que tivemos com o ficheiro, portanto podemos filtrar todos os arquivos e ficheiros nos quais mexemos durante o dia de ontem e encontrar a tal imagem ou o tal vídeo que procuramos.

3. Fixar resultados de pesquisa da Siri no Centro de Notificações

A assistente pessoal da Apple ganhou uma nova vida no macOS Sierra, com ela podemos fazer pesquisas de voz tal e qual como acontecia no iOS. Mas a Siri para o Sierra está mais requintada.

Se estamos a fazer uma pesquisa sobre, vamos imaginar os “Blogs do Ano” e se sabemos que vamos lá voltar para votar no nosso favorito na secção de Inovação e Tecnologia, simplesmente podemos pedir à Siri para nos fixar esse resultado no Centro de Notificações.

É como se fosse um “favorito” do nosso browser, mas está mesmo ali à mão e é só pedir novamente à Siri para nos levar aquele resultado.

4. Utilizem a Siri para controlar a Música

Uma função tão simples, mas ao mesmo tempo tão agradável de utilizar. Podemos solicitar à Siri para que nos execute funções na app musical, podemos pedir para repetir a última música que tocou, pedir para saltar uma música à frente, pausar…

Tal como acontecia no iOS a Siri no Mac permite que lhe seja solicitado para tocar um álbum especifico, ou até uma música, pode até aceder à nossa música na biblioteca do Apple Music para satisfazer os nossos desejos musicais.

5. Mudar a voz da Siri

A Siri desde o primeiro dia em que nos foi apresentada que vem com a mesma voz, e é conhecida como sendo a assistente pessoal. Mas e se quisermos um e não uma assistente pessoal? É possível mudar a voz da Siri, queremos que seja um homem a falar connosco? Como um sotaque diferente? Sim, é possível. Não podemos (para já) ser muito exigentes naquilo que queremos. Podemos escolher entre uma voz masculina e a feminina e o sotaque que queremos ouvir.

Aqui sim, podemos combinar o sotaque australiano caso se queiram recordar os finais dos anos 80 e que o vosso assistente pessoal tenha aquele sotaque do Crocodilo Dundee. Podemos escolher o sotaque britânico, tipo James Bond. E porque não um sotaque irlandês tipo Colin Farrell ou um Liam Neeson? Ou até mesmo um sotaque Sul Africano. É só escolher.

6. Reacções nas mensagens

Tal como acontece no iOS, podemos também no nosso Mac graças ao Sierra enviar reacções rápidas nas “bolhas” das mensagens. Se já possui o novo iOS 10 já deve ter reparado que agora é possível enviar reacções a uma mensagem especifica. Se lá para trás na conversa ficou algo pode dizer podemos ir a esse “balão” e por exemplo fazer um “like” aquilo que foi dito. Caso não tenham reparado isso é possível fazer nas mensagens do macOS Sierra, vão lá testar!

7. PiP no nosso ecrã

PiP é o significado do picture-in-picture e permite que sem grandes problemas se tenha um vídeo, por exemplo, do YouTube pronto a ser visualizado num canto do nosso ecrã.

Vamos supor que queremos ver, ao mesmo tempo que estamos a trabalhar, o vídeo do Unboxing do iPhone SE. Numa situação normal temos de fazer uma “ginástica” com as tabs ou com as janelas para podemos ajustar e adaptar o vídeo ao nosso ecrã e às nossas necessidades. Com o Sierra tudo ficou mais simples, tal como fazer com que o vídeo que estamos a visualizar “salte” da sua janela do YouTube e seja colocado em qualquer local do nosso ecrã. Assim podemos ver o que quisermos sem perdermos tempo parados a olhar para aquela aba específica.

8. A Siri pode ler os vossos e-mails

Sejamos realistas, não é uma função que para nós em Portugal seja muito optimizada. Mas só pelo gozo, podem pedir à Siri para vos ler os últimos e-mails recebidos.

9. Agora o nosso desktop será sempre como quisermos

Vamos comprar hoje um novo Mac? E agora como vou saber como estavam organizadas as minhas coisas? Sem stress, graças ao iCloud Drive quando iniciarmos a nossa sessão num novo Mac todas as nossas coisas vão lá estar e devidamente organizadas como da última vez que as vimos.

Se formos para o trabalho e tivemos um documento no nosso computador em casa basta entrar com a nossa conta do iCloud nesse computador para acedermos a nosso conteúdo que está em casa. Tão simples quanto isso.

10. Links dentro da app das mensagens

Esta função é existente no iOS 10 também, e foi “puxada” para a app das mensagens do Sierra. É uma simples funcionalidade que nos facilita imenso e vida e que nos faz poupar imenso tempo. Quando partilhamos, ou quando partilham um link connosco dentro da app mensagens, podemos aceder ao conteúdo sem ter de abrir o link.

Como assim? Se for partilhado um link de um vídeo, não temos de entrar no YouTube e abrir uma nova janela para poder assistir ao conteúdo. O mesmo aparece no histórico da conversa pronto a ser assistido. É só carregar no play.

0 comentários